Por Redação A12 Em Notícias

Romaria das famílias de Schoenstatt participa de missa no Santuário de Aparecida

A Romaria das Famílias que recebem a visita da imagem peregrina três vezes admirável de Schoenstatt esteve hoje (09) no Santuário Nacional de Aparecida. Cerca de 25 mil participantes da romaria acompanharam a celebração da Santa Missa às 9h no Altar Central, presidida pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Aparecida, Dom Darci Nicioli.

Acolhendo a romaria, Dom Darci salientou a importância de rezar a Nossa Senhora. “É importante saber que rezando com Maria chegamos a seu filho, e esse é o maior serviço que Maria presta a Igreja, ser o caminho o meio de ligação com o povo e Jesus”.

Dom Darci, em sua homilia, falou da celebração da Dedicação da Basílica de São João de Latrão e destacou que, a partir da Catedral do Papa, a Igreja mostra sua unidade:

“A celebração da Dedicação da Basílica de São João de Latrão nos faz pensar a unidade da Igreja, porque num certo sentido, na caridade, ela preside todas as Igrejas do mundo, porque somos uma única Igreja, Igreja una, santa, apostólica e romana”.

Neste dia 09 de novembro também comemora-se os 281 da fundação da Congregação do Santíssimo Redentor (C.Ss.R), conhecida como Congregação Redentorista, a qual Dom Darci faz parte. Durante a missa, o bispo do papel do missionário redentorista:

“Todo missionário Redentorista deve ser um homem simples de palavras fáceis para que o mistério de Deus seja compreendido por todos, e mais que isso, para que o mistério de Deus seja experimentado por todos”.

Dom Darci pediu ainda que todos rezem pelos Redentoristas. “Reze para os missionários redentoristas, para que se mantenham fiéis às obras de seu fundador”, rogou.

Concluindo sua homilia, o bispo refletiu sobre o evangelho de hoje.

“Jesus no Evangelho combateu o comércio no templo, na verdade ali estava sendo comercializados os objetos das promessas. E é isso que Jesus condena o abuso, então nós refletimos: Nós fazemos com Deus comércio? Nós trocamos com Deus os nossos interesses? Não, com Deus nós não comerciamos. Olhe sua relação com Deus se é sincera. Deixe que Deus dê a você aquilo que você mais precisa, por que Ele sabe da sua necessidade. Entregue sua vida a Ele, e acredite, Ele te dará uma vida abundante”, garantiu.

 

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.