Por Marília Ribeiro Em Notícias Atualizada em 08 ABR 2019 - 08H47

Romaria Vicentina celebra abertura do Ano Jubilar no Santuário

Beatriz Nery/A12
Beatriz Nery/A12

A Santa Missa das 10h no Altar Central do Santuário de Aparecida acolheu, neste domingo (7), a 49ª Romaria dos Vicentinos. De acordo com os organizadores da Romaria, cerca de 40 mil pessoas de diversos cantos do Brasil participaram da programação do evento que teve início na sexta-feira (5).

A celebração foi presidida pelo bispo da diocese de Caraguatatuba (SP), Dom José Carlos Chacorowisk. O religioso pertence à Congregação da Missão, ordem de padres fundada por São Vicente de Paulo.  Durante a homilia Dom José enalteceu os trabalhos dos vicentinos e citou o tema da Campanha da Fraternidade deste ano, pedindo aos membros da Sociedade São Vicente de Paulo que estejam engajados em projetos e ações de Políticas Públicas em favor dos mais pobres.

Celebrando os santos, Santa Luísa de Marillac e o Bem-Aventurado Antônio Frederico Ozanam, o bispo reforçou as figuras ilustres da Congregação e sua missão. "Hoje está subindo ao Céu a fragrância da caridade".


O encontro no Santuário é uma oportunidade para pedir as bênçãos de Nossa Senhora Aparecida e renovar o compromisso de servir aqueles que são os escolhidos por Deus, como explicou Elizabete Maria Castro, 1ª vice-presidente do Conselho Nacional da Sociedade de São Vicente de Paulo e coordenadora da Romaria. “Estar aqui na Casa da Mãe é uma oportunidade para agradecer e pedir a sua benção para que a gente possa ser cada vez mais fiel ao evangelho, servindo aqueles que têm necessidades, servir aqueles que são os escolhidos de Deus. Além disso, é um momento para que todos os Vicentinos renovem o seu compromisso de servir, amar e cuidar dos pobres”, afirmou.

Uma novidade da programação da romaria neste ano foi a oração do Santo Terço no Caminho do Rosário, onde em cada mistério os Vicentinos puderam refletiram as cinco virtudes de São Vicente de Paulo: a mansidão, simplicidade, zelo, mortificação e humildade.

A programação contemplou também a via sacra no Morro do Cruzeiro, workshops, show de talentos e festival cultural no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida.

Jubileu de Ouro

Beatriz Nery/A12
Beatriz Nery/A12

No próximo ano a Romaria dos Vicentinos completa 50 anos de peregrinação ao Santuário e para celebrar, foi aberto neste domingo o Ano jubilar durante a festa regulamentar em honra ao Bem Aventurado Frederico Ozanam, um dos fundadores da Sociedade São Vicente de Paulo. “Com essa celebração, queremos fazer uma retrospectiva e conhecer mais a história da Romaria, recordando os muitos vicentinos que já passaram pelo Santuário ao longo de todos esses anos.  Queremos também fazer menção as várias coisas que aconteceram nesses 50 anos de peregrinação”, ressaltou a coordenadora da Romaria Nacional.

A abertura do Ano Jubilar contou com o lançamento da oração do Jubileu de Ouro e apresentação da logomarca dos 50 anos da Romaria. Em 2020 o encontro no Santuário está previsto para acontecer no primeiro fim de semana de abril, dias 3, 4 e 5.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marília Ribeiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.