Por Redação A12 Em Notícias

Santuário Nacional acolhe crianças no oitavo dia da novena

A Novena da Tarde realizada nesta quinta-feira (10), às 14h, no Santuário Nacional de Aparecida, no oitavo e penúltimo dia da Novena e Festa da Padroeira, recebeu a presença alegre e ingênua de centenas de crianças que vieram de escolas e creches que pertencem à Arquidiocese de Aparecida.

Na acolhida inicial, o Missionário Redentorista, padre José Roberto Luciano, acolheu as crianças e demais presentes indicando o tema da celebração do oitavo dia: ‘Maria: mulher eucarística!’.

“A Eucaristia é mistério de fé que ultrapassa nossa inteligência. Ela nos obriga ao pleno abandono à Palavra do Senhor. E sempre que cumprimos o que Jesus nos pediu – ‘Fazei isto em memória de mim’ – revivemos com Ele seu mistério de morte e ressurreição. É também o que Maria vive conosco!”, destacou.

Um coral formado por crianças do Centro de Assistência Social São Geraldo, obra social da Congregação do Santíssimo Redentor, animou a celebração deste dia. A novena foi presidida pelo Missionário Redentorista padre Ferdinando Mancílio e pelos oficiantes, padres Jose Uilson Inácio Soares Junior e Paulo Henrique Ribeiro Inácio.

Em sua acolhida, o presidente da celebração motivou as crianças lembrando o amor de Jesus por elas. “Crianças, alegrem-se Jesus ama vocês e quer estar pertinho de vocês, pois ele ama todas as crianças”.

“Quem quer ir para céu?” Perguntou padre Ferdinando no início de sua homilia, e animado pediu para que todas ouvissem com atenção a mensagem da Palavra de Deus e contou a seguinte história:

Havia um cavalo-marinho, que tinha um casaco grande e cheio de bolsos, e em cada bolso tinha remédios para todo tipo de dor. Certo dia, andando pelo fundo do mar, o cavalo-marinho encontrou a baleia que estava com muita dor de cabeça. O cavalo-marinho não hesitou e deu um remédio para a dona baleia. A baleia, satisfeita, foi embora sem dor e agradeceu o amigo. Andando mais à frente, ele encontrou um jacaré que estava com muita dor de dente. Novamente o cavalo-marinho, deu um remédio que curou a dor do jacaré. Mas aconteceu uma coisa! Enquanto ajudava os outros animais, o cavalo-marinho perdeu uma coisa muito importante: as alianças do seu casamento. Vendo o amigo triste, todos os animais começaram a procurar as alianças do cavalo-marinho e de sua futura esposa. Depois de um tempo, a baleia conseguiu encontrar, e foi logo entregar as alianças para o amigo, que ajudou a curar a dor de todos. Assim, o cavalo-marinho pode se casar e viveu feliz com sua esposa no fundo do mar.

Padre Ferdinando, contando essa historinha, lembrou que no coração de cada criança e de cada adulto, deve morar a bondade. “Quando a gente é bom, a gente vai para o céu, e quem não é bom vai para o beleléu”, brincou.

pe_novena_criancas

A celebração continuou com uma imensa e generosa procissão formada por crianças, professores e funcionários do Santuário Nacional, que ofertaram alimentos e materiais escolares.

Ao final, com a entronização do Santíssimo Sacramento, as crianças acompanharam com devoção o momento de adoração, e algumas leram orações e pedidos comoventes diante de Jesus Eucarístico.

Ao final da Novena, o reitor do Santuário Nacional, padre Domingos Sávio, indicou as crianças que foram contempladas pelo Concurso Cultural promovido pelo Santuário Nacional de Aparecida:

1º Categoria – Desenho Infantil

1º lugar: Centro de Educação Infantil Nossa Senhora Aparecida, aluna Gabriela Caroline de Vascondelos, de 5 anos.

2º lugar: Escola Lápis Mágico, aluno Miguel, de 4 anos.

3º lugar: Creche Escola Santa Terezinha, aluna Maria Clara de Carvalho Araújo, de 5 anos.

2ª Categoria – Desenho – 1ª a 5ª série

1º lugar: EMEF Maria Helena C. Louorenço Barbosa, aluno João Vitor Lemes de Lima.

2º lugar: EMEF Amador Galvão Cesar, aluna Núbia Ferreira de Medeiros

3º lugar: Escola de Educação Especial APAE de Aparecida, aluna Francislaine Uchôas de Oliveira

2ª Categoria – Fotografia – 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio

1º lugar: Escola Professor José Félix, aluno Luis Felipe Silva Nascimento, de 16 anos

2º lugar: Centro de Assistência Social São Geraldo, aluno Luis Alexandre de Oliveira de Souza, de 13 anos

3º lugar: EMEF Prof. Virgulina Marcondes de Moura Fazzeri, aluna Marilia Freitas.

A novena encerrou com a bênção do Santíssimo Sacramento a todos os presentes e a oferta de flores aos pés da Mãe Aparecida, por paróquias da arquidiocese, escolas e crianças participantes da novena.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.