Por Santuário Nacional Em Notícias

Santuário Nacional entrega premiações para vencedores de Concurso de Redação

Em comemoração aos 60 anos de fundação do Museu Nossa Senhora Aparecida, o Santuário Nacional entregou na manhã desta quarta-feira (28), no Auditório Noé Sotillo, as premiações do concurso de redação “300 Anos de História, Costumes, Fé e Devoção”. O evento contou ainda com a presença do professor Ideval Souza Costa, geólogo formado pelo Instituto de Geociências da USP e Mestre em Mineralogia Aplicada pelo mesmo Instituto, que proferiu uma palestra aos alunos. 

Premiação do Concurso de Redação do Museu Nossa Senhora Aparecida (Crédito Thiago Leon)

O concurso voltado para alunos do quinto e sexto ano de escolas municipais, teve como objetivo despertar o interesse cultural dos participantes sobre a riqueza histórica e cultural que envolve a cidade de Aparecida, não apenas como centro de peregrinação e fé, mas também como um local de encontro de diversas culturas e manifestações folclóricas.

Ao todo, 19 crianças e adolescentes foram premiadas pelo concurso e duas receberam um jantar com sua família no Hotel Rainha do Brasil. Os dois pequenos escritores que se destacaram no concurso foram: Mariana Genoveva Uliana da Silva da Escola Professor Anísio Novaes e João Felipe Roppa Moraes da Escola Maria Aparecida da Encarnação. Entregaram as premiações, o coordenador do Museu, Jonatas Veloso, o prefeito de Igreja do Santuário, padre Rodrigo Arnoso e o administrador ecônomo adjunto do Santuário, padre José Uilson Júnior. 

"No ano que vem o encontro da imagem completa 300 anos, e temos muito a agradecer e comemorar. Nossa cidade se orgulha de ter sido agraciada com o surgimento dessa imagem que desperta a fé no coração das pessoas", escreveu a jovem Mariana ao final de sua redação que lembrou fatos da história do encontro da Imagem da Padroeira no Rio Paraíba do Sul e do crescimento da devoção na cidade. 

João Felipe também descreveu o encontro da imagem pelos três pescadores e a comoção que esta devoção gerou em toda a região e destacou outras festas religiosas como a Festa dos Reis Magos e de São Benedito, que fazem parte da cultura local. Em Aparecida "suas histórias e costumes são passados de geração em geração, e já são 300 anos de muita devoção a Nossa Senhora da Conceição Aparecida", escreveu o pequeno escritor. 

:: 60 anos do Museu Nossa Senhora Aparecida

O administrador ecônomo adjunto do Santuário, padre José Uilson Júnior ao agradecer a presença dos alunos e professores na premiação destacou a relevância dessa iniciativa para afirmar o valor do Museu como guardião da memória de Aparecida.  

"Nós agradecemos porque temos a oportunidade que o Museu oferece já há tantos anos de buscarmos conhecimento. Que possamos trazer outras pessoas para beber dessa fonte e que possam surgir outros interessados nessa nossa história tão bonita e valiosa", assinalou o administrador. 

O Museu foi inaugurado em 8 de setembro de 1956, pelo Cardeal Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, primeiro Arcebispo de Aparecida. Toda a sua coleção foi reunida pela professora Conceição Borges Ribeiro a partir de coleta de objetos pela região, com destaque para as peças indígenas. Só nos últimos 3 anos, 1 milhão e duzentos mil pessoas visitaram suas exposições.

:: Saiba mais sobre o Museu

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Santuário Nacional, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.