Por Polyana Gonzaga Em Notícias

Jornalistas participam de visita monitorada à Cúpula do Santuário Nacional

O Santuário Nacional de Aparecida realizou, na manhã desta quinta-feira (10), uma visita monitorada a Cúpula da Basílica para jornalistas e fotógrafos.

A visita foi acompanhada pelo engenheiro do projeto Erick Pieri, que trouxe os detalhes técnicos da obra.

Grandiosa pela complexidade, beleza e importância, o revestimento da Cúpula Central transforma a obra em um desafio único de engenharia.

De acordo com Erick Pieri, o maior desafio foi encontrar o material adequado e com grande durabilidade. A solução foi encontrada no mosaico.

Uma grande estrutura de andaimes foi montada para a execução da primeira fase da obra.

Foto de: Valquíria Vieira

Jornalistas visitam Cúpula Central

São 25 quilômetros de tubos no interior da cúpula. O peso dessa estrutura é de pouco mais de 123 toneladas, sendo 91,2 toneladas de tubos e 32 toneladas de acessórios, vigas e madeiramento.

“Uma lona de segurança com malhas cruzadas foi colocada na base da Cúpula Central. Assim nós executamos a obra sem influenciar nas celebrações e na rotina do Santuário Nacional”, afirmou.

As bases da cúpula foram preparadas para receber o revestimento em mosaico em vidro colorido e dourados feito artesanalmente.

São aproximadamente 2 mil metros quadrados de mosaico que estão em fase de produção pela Orsoni Esmaltes Venezianos, em Veneza, na Itália.

Toda a fase de revestimento com as pequenas tésseras, matéria-prima para o mosaico, serão concluídas em meados de 2015, momento em que se inicia a última fase que é o revestimento dos baldaquinos, paredes que serão revestidas em azulejaria de porcelana. A última fase da obra deve ser concluída para as festividades do jubileu de 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida, em 2017.

Segundo Erick foram 4 meses de montagem dos andaimes, iniciado em fevereiro. O engenheiro afirmou que a primeira parte dos mosaicos deve chegar ao Brasil em novembro deste ano. No total serão 5 milhões de pastilhas com pequenas pedras de 2cm X 2cm em média.

O projeto da obra da Cúpula é de autoria do artista plástico Cláudio Pastro e segundo o bispo auxiliar de Aparecida, Dom Darci José, o centro da obra é a árvore da vida e, ao seu redor, pássaros da fauna brasileira, que se dirigem ao centro da árvore para ali se abrigarem: clara referência aos peregrinos que vêm a Aparecida para aqui se refugiarem e renovar a sua fé. 

A Cúpula - A montagem da estrutura em concreto da cúpula da Basílica, agora em fase de revestimento, foi iniciada em 1965 e finalizada em 1970. Com dimensões de 34 metros de diâmetro, 109 metros de circunferência e 72 metros de altura, a calota da cúpula compõe-se de duas esferas sobrepostas.

Sua estrutura foi projetada e calculada com volume de 9.769 metros cúbicos de concreto. Segundo dados históricos, só na concretagem do grande anel superior foram gastos mais de 6 mil sacos de cimento.

Toda a obra conta com a participação dos devotos da Padroeira do Brasil, que participam da Campanha dos Devotos.

 

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.