Por Victor Hugo Barros Em Santuário Nacional Atualizada em 24 NOV 2017 - 16H48

Representantes de organização mundial de Cerimonial visitam Aparecida

O Santuário Nacional acolheu na tarde da última quinta-feira (23), o presidente da OICP (Organización Internacional de Ceremonial y Protocolo), Herminio González Rojas, que veio ao maior templo mariano do mundo acompanhado de sua esposa, Ana María Knorr e da chefe de cerimonial do CODIVAP (Consórcio de Desenvolvimento do Vale do Paraíba), Eliane Ubillús. Os visitantes foram recepcionados pelo prefeito de igreja do Santuário de Aparecida, padre Rodrigo Arnoso e por representantes da equipe de Cerimonial da Basílica.

Victor Hugo Barros
Victor Hugo Barros
Representantes da OICP conheceram rotinas do cerimonial litúrgico e protocolar do Santuário Nacional

Durante o encontro, o representante da OICP pôde conhecer as dinâmicas de organização das cerimônias litúrgicas e protocolares que acontecem no maior templo mariano do mundo. Entre os temas da conversa estavam a Assembleia Geral dos Bispos do Brasil e a Novena e Festa da Padroeira do Brasil, eventos que atraem um grande número de devotos e autoridades civis, políticas e religiosas.

Impressionado com o complexo de acolhimento do Santuário, Herminio chegou até a cogitar a possibilidade de trazer para Aparecida uma edição do Congresso Internacional de Protocolo, maior encontro de cerimonialistas do mundo. “Eu sabia que tudo era grande aqui, mas estou espantando em ver tudo isso pessoalmente. Realmente é de proporções maiores do que eu imaginava”, conta.

Além do caráter técnico da visita, o casal de paraguaios veio agradecer por diversas graças alcançadas por intercessão de Nossa Senhora. “Hoje, sobretudo, vim agradecer pela cura de um câncer e pedir por uma sobrinha que se encontra doente”, destacou Ana María, que fez questão de passar diante da Imagem e acender velas na Capela das Velas.

Victor Hugo Barros
Victor Hugo Barros
Herminio González agradece cura do câncer da esposa

Responsável por apresentar ao casal a história da Padroeira do Brasil, Eliane explicou que a relação entre eles e Aparecida começou de forma simples. “Em uma das inúmeras vezes que vim ao Santuário comprei um pingente de Nossa Senhora para entregar à Ana, que é minha amiga há muitos anos. Falei que se ela tivesse fé, o milagre ia acontecer. E aconteceu”, exclamou Ubillús.

O casal, que atualmente vive no Paraguai, veio ao Brasil apenas para visitar a Imagem da Padroeira do país. Eles seguiram nesta sexta-feira (24) para a Espanha, onde acontece o XVI Congresso Internacional de Protocolo.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Victor Hugo Barros, em Santuário Nacional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.