Por Santuário Nacional Em Santuário Nacional

Tríduo celebrará 10 anos do Documento de Aparecida

Posse de dom Orlando Brandes, por André Somensari

Foto: André Somensari/JS

O Santuário Nacional de Aparecida prepara um tríduo para celebrar os 10 anos do Documento de Aparecida. Nos domingos 14, 21 e 28 de maio, o Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, celebrará durante as missas das 8h, este que foi um marco para a Igreja Católica.

Dom Orlando ressalta que o Documento nos convida a zelar pela vida natural, humana e a vida cristã. “O Documento nos pede muito a conversão pastoral, não basta a gente ser batizado e ir a missa. Você pode se tornar um jovem missionário da sua namorada, do seu namorado, dos pais e dos filhos, dos amigos missionários uns dos outros, atraindo as pessoas para Jesus Cristo e para a Igreja. Devemos ser discípulos missionários e isso significa termos a bíblia na mão, no coração, para ter os pés na missão”, comenta.

O Arcebispo acrescenta que o Documento de Aparecida também quer nos mostrar os “rostos que doem em nós”. “Os drogados, os moradores de rua, os enfermos, os migrantes, são rostos que devem doer em nós, portanto nesses rostos e para esses rostos, nós precisamos olhar principalmente agora, nessa grande crise mundial dos migrantes. Também devemos olhar o peregrino que, de todo o Brasil vem para cá, amar a cidade de Aparecida, porque foi Deus que escolheu esse lugar para a Mãe se manifestar. Não se deve amar a Nossa Senhora e não amar o lugar dela”, finaliza.

:: Dom Orlando Brandes comenta 10 anos da canonização de Frei Galvão

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Santuário Nacional, em Santuário Nacional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.