Por Devotos Mirins Em Papo de Adulto Atualizada em 27 FEV 2020 - 14H33

Minha criança é um adulto?



Raquel de Godoy Retz Pompeo

Ser adulto é preocupar-se demasiado com o melhor a fazer, levando em consideração todas as coisas ao redor. Crescer é desenvolver-se, aprender mais coisas, regras de convívio social, adotar novos comportamentos. Ora, se uma criança se comporta como adulto, tem perdida a infância.

O tempo da infância é importante espaço para desenvolver a criatividade, a imaginação, a alegria.

Alguns fatores podem superestimular o amadurecimento precoce. Um exemplo são famílias só com adultos, assim, há uma situação que é como forçar a criança a conviver entre diferentes dela. Desta forma, tira-lhe sua interação com outras crianças e a possibilidade de brincar, que é, sem dúvida, a alma da infância.

Outro fator é quando os pais corrigem demais a criança, não a deixam errar, só gostam de conversar com adultos e nunca conversam com ela, naturalmente nasce na criança o desejo de ser adulto. E se agir como adulto merece o elogio dos pais, é claro que ela tenderá a assim se comportar.

O conceito de vida adulta imposto pela sociedade implica mesmo em matar o lado infantil de cada um, cada vez menos usamos a fantasia e nos divertimos com tanta liberdade como ocorre com crianças no pico de sua vida infantil.

Mas por outro lado ter uma criança muito “educada”, e que entre adultos não dá trabalho e se comporta como eles pode ser bom para pais ocupados. Isto não cria antes um adulto chato, depressivo, medroso, tímido?

Cuidado. O tempo da infância é importante para o equilíbrio na vida adulta, além disso, os pequenos serão mais felizes se desenvolverem a criatividade e a alegria gratuita.

Talvez devêssemos mudar aquele título para: cultivo a criança que não matei em mim? Aprisionei-a, tornei-me uma árvore sem raiz e sem tronco. Não devo ressuscitá-la para sorrir novamente para a vida e ser um adulto feliz com quem é maravilhoso conviver.

Qual assunto você gostaria de esclarecer a respeito da educação de seus filhos? Escreva para nós devotosmirins@santuarionacional.com ou deixe seu comentário aqui em baixo 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Devotos Mirins, em Papo de Adulto

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.