Por Devotos Mirins Em Catequese Atualizada em 13 MAR 2020 - 10H42

Davi e Golias

 

Quando Davi era pequeno, ele gostava de atirar pedras.

Era tão bom atirador, que acertava tudo o que queria.

A noite, na hora de dormir, sua mãe rezava com ele e ensinava as coisas de Deus.

Quando Davi cresceu mais, seu trabalho era tomar conta das ovelhas.

Ele atirava pedras para espantar os animais ferozes. Nunca ficava com medo de nada.

Cantava canções para agradecer a Deus tudo o que ele tinha e todas as coisas que fazia.

 

Um dia, Davi foi visitar seus irmãos que eram soldados, que lutavam contra ferozes inimigos.

Um dos inimigos era um gigante. Estava vestido com uma couraça brilhante e tinha uma espada.

"Eu sou Golias", berrava  o gigante. "Se alguém puder me vencer, meu exército vai embora"!

 

Quem tem coragem de experimentar?

"Eu tenho", disse Davi. Pois acreditava que Deus estava sempre com ele e o ajudaria vencer.

"Você é pequeno demais", disseram os irmãos e o Rei.

"Não se preocupem, Deus está comigo", disse Davi.

Davi pegou 5 pedras, e atirou uma que acertou a testa do gigante, e Golias caiu no chão.

Ele venceu o mal, pois colocou a sua fé em Deus e não teve medo de seu inimigo.

Por isso, quando Davi cresceu, tornou-se o rei do seu povo pela coragem. Ele continuou a cantar e agradecer a Deus por todas coisas que fazia.

 

'Quando o espírito de Deus se move em mim eu canto como o Rei Davi"

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Devotos Mirins, em Catequese

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.