Por Beatriz Nery Em Notícias Atualizada em 18 SET 2018 - 16H41

Entenda o “jeitinho brasileiro” e suas consequências

Shutterstock
Shutterstock

Há quem sinta a vontade de furar filas, tomar para si o troco recebido a mais na padaria ou não devolver um objeto que não lhe pertence. Estes são alguns dos piores exemplos para definir o jeitinho brasileiro, que muito persegue o nosso cotidiano. 

Atualmente, com os escândalos de corrupção, a exposição dessa conduta errônea causa aos brasileiros uma revisão sobre como estamos agindo perante as diversas situações do dia a dia. A falta de uma educação de qualidade é apontada como o princípio de todos os males enfrentados pelos brasileiros.

Para auxiliar, a professora e socióloga Lucia Maria Rangel explica, em entrevista ao 'Com a Mãe Aparecida', a origem do jeitinho brasileiro na sociedade e como ele se estende pela população, seus problemas e modos de combater:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Beatriz Nery, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.