Por Felipe Melo Em Notícias

Vacinação e controle do vetor são medidas para prevenir febre amarela

Com a confirmação de casos e mortes por febre amarela em Minas Gerais, cidades do Sul de Minas, São Paulo e Espírito Santo, se têm registrado uma maior procura por métodos de prevenção.

Estes casos são de febre amarela silvestre, que é transmitida por mosquitos (Haemagogus e o Sabethes) que vivem nas matas e na beira dos rios. Karem Vester, especialista em patologia veterinária da UNESP informa medidas que a população pode tomar para tomar para previnir a doença e proteger a fauna das regiões afetadas.

As informações com Felipe Melo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Felipe Melo, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.