Por Campanha dos Devotos Em Notícias

Simão: o Zelota ou cananeu

sao_simao

Certamente o Apóstolo Simão é o mais desconhecido de nós, e é chamado nos Evangelhos de “zelote ou cananeu” (At 1,12-13), que tem o mesmo sentido: zeloso. Era de um ativismo profundo, agindo politicamente para a libertação de Israel do poder romano.

O encontro com Jesus mudou seu coração e seus pensamentos. Que bom seria se mudássemos nossos pensamentos mesquinhos, pois ouvimos tanto a Palavra do Senhor!

Converteu-se. Entendeu que Jesus trazia um projeto muito maior que aquele que ele desejava: a libertação política de Israel. Compreendeu que o projeto de Jesus trazia a verdadeira liberdade. As palavras de Jesus e suas atitudes lhe tocaram o coração, e passou da força da violência para a força da misericórdia e do anúncio do Evangelho de Cristo. Tornou-se testemunha da ressurreição de Cristo e de seus ensinamentos. Colocou seu coração no coração de nosso Senhor, como nos lembra o profeta Isaías que “o Senhor lhe abriu os ouvidos, e ele não pôs resistência, não recusou” (Is 50,4). Será sempre assim: Quem coloca seu ouvido no coração de Jesus se transforma verdadeiramente. Nele está a vida em plenitude e o amor sem fim. A verdade de Cristo é força invencível, muda estruturas sociais e o coração humano.

O Apóstolo Simão nos dá uma grande lição de mudança de pensamento e de vida. Às vezes, estamos tão presos em nosso modo de pensar, que não nos abrimos nem mesmo diante de um valor novo. O que é novo será sempre mais exigente, pois não estamos acostumados com ele, mas é brisa suave que abre janelas e renova o interior. Não é abrir-se a qualquer ideia só porque é coisa nova, mas sim porque a nova ideia nos agrega mais valor, mais dignidade, mais liberdade. O difícil é falar com cristãos fechados, que não querem mudança alguma, nada que lhes tire a acomodação e estabilidade. O amor verdadeiro é dinâmico, traz mudanças, faz-nos progredir.

Foi exatamente isso que aconteceu com Simão. Tinha convicção de suas ideias, mas, compreendendo as de Jesus, abandonou-as e abraçou as do Mestre, pois entendeu que elas estavam muito além das suas ideias próprias.

Os Apóstolos nos ensinam a alargar nossa fé, nosso amor e nossa própria vida. Que tal você caminhar mais um pouco? Dê um passo a mais e experimente a liberdade que o amor lhe traz. 

PROPÓSITO: Procure avaliar sua vida, ver o que precisa mudar. Compare seus valores pessoais com os de outros. Veja onde poderá crescer, mudando alguma coisa dentro de você!

9 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Campanha dos Devotos, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.