A12

Evangelho em Libras | 17º Domingo do Tempo Comum – Ano A

Enviar por e-mail

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

-

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

Reflexão: Pe. Luiz Camilo Jr - C.Ss.R
Interprete: Kiara Maria Socuta Quintanilha

17º Domingo do Tempo Comum – Ano A

Evangelho Deus Conosco dia a dia – Editora Santuário

(Mt 13,44-52)

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: “o reino dos céus é como um tesouro escondido no campo. Um homem o encontra e o mantém escondido. Cheio de alegria, ele vai, vende todos os seus bens e compra aquele campo.
O reino dos céus é também como um comprador que procura pérolas preciosas. Quando encontra uma pérola de grande valor, ele vai, vende todos os seus bens e compra aquela pérola.
O reino dos céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que apanha peixes de todo tipo. Quando está cheia, os pescadores puxam a rede para a praia, sentam-se e recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam.
Assim acontecerá no fim dos tempos: os anjos virão para separar os homens maus dos que são justos, e lançarão os maus na fornalha de fogo. E aí haverá choro e ranger de dentes.
Compreendestes tudo isso?” Eles responderam: “sim”.
Então Jesus acrescentou: “assim, pois, todo o mestre da lei, que se torna discípulo do reino dos céus, é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas”.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

REFLEXÃO
Neste domingo a liturgia nos convida a refletir sobre os valores que temos na nossa vida e qual o nosso procedimento diante deles. O evangelho apresenta as três últimas parábolas do capítulo 13 de Mateus que começamos a refletir no 15º domingo comum. Essas parábolas nos ajudam na revisão de vida e, sobretudo, na nossa mudança de comportamento diante das propostas do reino dos céus.
Neste domingo temos o núcleo do evangelho de Mateus, que reúne as três últimas parábolas sobre o reino dos céus. As duas primeiras falam de valores e a terceira da oportunidade que Deus concede a todos para a mudança de vida.
Nas parábolas Jesus utiliza de elementos do cotidiano do povo para falar das realidades do reino dos céus. A primeira parábola (do tesouro perdido), e a segunda (da pérola preciosa), falam do valor desse reino. Quem descobriu esse valor faz mudanças radicais em seu comportamento, abrindo mão daquilo que antes julgava ser os valores importantes de sua vida, para possuir o valor fundamental, o valor que dá a vida. Tudo passa a ser relativo diante do valor supremo que seu coração descobriu: o reino dos céus; e pelo reino ele abre mão de tudo, porque entendeu que o reino dos céus é tudo. Como o homem que vendeu todos os seus bens para comprar o campo onde havia um tesouro escondido.
A mesma coisa aconteceu com o comprador de pérolas. Quando ele encontrou uma de grande valor, vendeu as demais e investiu tudo naquela de valor supremo. O reino dos céus é esse tesouro escondido no campo, é essa pérola de grande valor. Quem o encontrou faz de tudo para possuí-lo. Mas para isso é preciso sabedoria e discernimento para saber reconhecer entre o que é verdadeiramente valor e o que não passa de falsidade.
Deus nos concede essa oportunidade todos os dias, como mostra a terceira parábola do evangelho deste domingo do pescador que lança a rede ao mar e que apanha todo tido de peixes. O mar é o mundo, a rede são as oportunidades que Deus nos dá, e os peixes somos nós. Deus acolhe a todos, cada um com seu jeito, com sua maneira de ser. Todos nós estamos na mesma rede, porém na praia se fará uma triagem. Deus quer que todos nós estejamos junto dele. Mas para permanecer nele é preciso colocar em prática seus ensinamentos, viver seus mandamentos.
Assim, Jesus apresenta nestas parábolas o reino dos céus e nos motiva a caminhar com ele para descobrir este reino e querer viver a dinâmica do amor que o edifica entre nós e dentro de nós.

.:: Salmos em sua Essência | Ano A - 17º Domingo do Tempo Comum - Salmo 118

https://www.facebook.com/portala12

https://twitter.com/portal_a12

Contato: contato@a12.com


Comentários (0)



Carregando Comentários
0 caracteres