Por Redação A12 Em Evangelhos Atualizada em 09 AGO 2018 - 12H03

Evangelho em Libras | 19º Domingo do Tempo Comum – Ano B


Reflexão: Padre Luiz Camilo Jr - C.Ss.R
Intérprete: Kiara Maria Socuta Quintanilha

Evangelho Deus Conosco dia a dia – Editora Santuário

(Jo 6, 41-51)
Naquele tempo, os judeus começaram a murmurar a respeito de Jesus, porque havia dito: “Eu sou o Pão que desceu do céu”. Eles comentavam: “não é este Jesus, o filho de José? não conhecemos seu pai e sua mãe? como então pode dizer que desceu do céu?”
Jesus respondeu: “não murmureis entre vós. ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o atrai. E eu o ressuscitarei no último dia. Está escrito nos profetas: ‘todos serão discípulos de Deus’. Ora, todo aquele que escutou o Pai, e por ele foi instruído, vem a mim. Não que alguém já tenha visto o Pai. Só aquele que vem de junto de Deus viu o Pai. Em verdade, em verdade vos digo, quem crê, possui a vida eterna.
Eu sou o Pão da vida. Os vossos pais comeram o maná no deserto e, no entanto, morreram. Eis aqui o Pão que desce do céu: quem dele comer, nunca morrerá. Eu sou o Pão vivo descido do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o Pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo”. 
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Reflexão
Deus nos alimenta constantemente nas nossas necessidades, pois Ele nos quer firmes para a missão. Precisamos sempre nos alimentar desse Pão da Vida dado pelo Pai, que é Jesus, para termos força na caminhada e não desanimarmos diante dos obstáculos. Sabemos que o alimento é algo fundamental em nossa vida. Se o alimento material fortalece o corpo, o alimento espiritual reveste de força nossa alma, e a alma alimentada nos coloca em profunda comunhão de amor com Deus. Pois quem alimenta só o corpo, pode acabar deixando enfraquecer a alma. Por isso no Evangelho Jesus se apresenta como o Pão que desceu do céu para dar vida ao mundo, para nos alimentar em nossa caminhada. Jesus é o Pão da vida, um pão diferente daqueles que o povo comeu na travessia do deserto, pois comeram aquele pão e morreram. Jesus é o Pão que desceu do céu, é o alimento eterno, o Pão da vida eterna. Assim, quando comungamos, nós nos alimentamos desse Pão. Jesus é o Pão que nos fortalece para a missão. Comungar do Pão que é Jesus é se comprometer com o projeto do Pai que ele anuncia e pelo qual entrega a própria vida. Comungar a vida de Jesus é comungar também sua missão. Jesus oferece sua própria carne como alimento. Ele se consome para que tenhamos vida e a tenhamos em plenitude. Jesus veio para dar vida ao mundo, mas o mundo ainda não aprendeu a se alimentar de Jesus, por isso ainda existem tantos sinais de morte e tanta fome de amor.

.:: Acesse a liturgia do dia 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Evangelhos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.