Por Jovens de Maria Em Comportamento

Criatividade é questão de inspiração ou transpiração?

“Não sou criativo!” Quantas vezes você pensou isso enquanto realizava atividades escolares, do trabalhou ou, até mesmo, de evangelização? Pois temos uma boa notícia para você: a criatividade é questão de prática.

criatividade_2

Segundo o professor de design gráfico Brad Hokanson, da Universidade de Minnesota, essa habilidade mental pode ser adquirida por qualquer um. “Nós não devemos pensar que não somos criativos só porque não estamos produzindo arte ou inventando alguma coisa como Einstein. Na verdade, somos bem inventivos e criativos em muitas coisas. Por isso, devemos reconhecer a criatividade e trabalhá-la. Criatividade se adquire com prática”, explica.

Hokanson ainda acrescenta que a criatividade exige da pessoa sair de sua rotina, aceitar novos desafios e estar sempre aberta a resolver seus problemas de forma diferente. Ou seja, é perfeitamente possível que você consiga ser criativo em suas atividades!

Confira 6 dicas para praticar a criatividade:

1 - Valorize suas ideias e não se importe tanto com a opinião dos outros

Pablo Picasso dizia que todas as crianças nascem artistas, mas o problema é manterem-se artistas depois de crescidas. Por quê? Algumas expectativas de pessoas ao seu redor podem minar suas ideias. Mas, por sorte, ninguém pode acabar com sua criatividade sem seu consentimento. Por isso, valorize seus rabiscos, mesmo que ninguém mais os valorize.

2 - Faça perguntas, muitas perguntas

Certa vez, Albert Einstein afirmou que se tivesse uma hora para resolver um problema e sua vida dependesse disso, passaria 55 minutos definindo a pergunta certa a fazer. “Quando eu soubesse a pergunta correta, poderia resolver o problema em menos de cinco minutos”, disse o gênio. Se você está empacado em algum problema, é porque está respondendo a pergunta errada. Faça novas perguntas que as melhores respostas irão surgir.

3 - Rebele-se contra a inércia

É preciso discordar mais. Isto é, não aceite a realidade como ela é, nem deixe as coisas como estão. Saiba que tudo poderia ser muito melhor. É preciso identificar o problema e teorizar como tudo poderia ser diferente. Novas perspectivas aparecerão!

4 - Combine ideias antigas

Segundo o escritor Keith Sawyer, os melhores insights vêm da combinação de ideias completamente sem relação. “Desenhe um móvel que lembra uma fruta ou um abajur que também é um livro ou apenas escolha duas palavras aleatoriamente fechando seus olhos e apontando para páginas de um livro e invente uma combinação”, diz. Você vai se surpreender, pode extrair daí algo genuíno.

5 - Abra caminhos

Lembra aquele sonho infantil de ser cantora-modelo-atriz-e-apresentadora? Pode ser improvável na vida real, mas se tem algo que criança entende é de criatividade. Basicamente porque a criatividade está ligada ao apetite voraz por conhecimento. Por isso, pessoas criativas geralmente se dedicam a assuntos sobre os quais elas nada sabem só pelo hobby. O gosto pela variedade também pode ser aplicado a pessoas. Quanto mais diverso é seu grupo de amigos, melhor. Ter a cabeça aberta também pode ajudar você a ter ideias inovadoras.

6 - Mexa o cérebro

Pesquisas apontam que acontece uma espécie de tsunami de ondas gama (ou o aumento da energia das ondas cerebrais) durante um processo criativo. Segundo o professor John Kounios, da Unviersidade de Drexel, pouco antes do momento “eureca”, ondas de relaxamento passam pela parte de trás da cabeça. Essas ondas são ativadas por atividades que relaxam o cérebro, como quando você fecha os olhos ou corre. 

Fonte: Galileu

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.