Por Jovens de Maria Em Comportamento

Quando a procura pela pessoa certa vira exigência de perfeição

pessoa_perfeita

Se você está à procura da tão sonhada “pessoa certa”, mas está com grandes dificuldades de encontrá-la, pode ser que um dos motivos seja sua exigência exagerada. Isso acontece quando o ideal da pessoa certa é transformado numa fixação por uma suposta pessoa perfeita. Então, como saber se você é exigente demais?

Normalmente, os namoros começam no próprio círculo de amizades e ambientes de convívio. Isso porque é mais provável um relacionamento dar certo quando os valores essenciais para um sejam semelhantes aos do outro. Por isso, um primeiro ponto importante é: mantenha-se aberto às pessoas ao seu redor.

Segundo ponto: não pare na primeira impressão ou nos defeitos. Saiba ver no outro primeiro o que ele tem de bom e só depois encare o seu lado difícil. O amor não é um ato de um momento, mas se constrói “a cada momento”. Não se pode conhecer uma pessoa à primeira vista, é preciso todo um relacionamento de amizade, depois, de namoro. Aí sim, poderá avaliar se há, ou não, nela as exigências fundamentais que você elencou.

Terceiro: o mais importante é invisível aos olhos. O caráter da pessoa, a sua simpatia, o seu coração, isso o tempo não pode destruir. A sua felicidade não está na cor da sua pele, no tipo do seu cabelo e na altura do seu corpo, mas na grandeza da sua alma. Ao escolher um namorado(a), não se prenda nas aparências físicas, mas desça até as profundezas da sua alma.

E se você encontrou uma pessoa que satisfaz os valores “mais essenciais”, não seja muito exigente naquilo que é secundário. Você terá que aprender a ceder em alguns pontos, não essenciais. Há coisas das quais podemos abdicar, sem comprometer a estrutura básica da vida. Você poderá aceitar uma vida mais simples do que aquela que você tinha na sua família, ou  poderá viver numa outra cidade que não é a que você gostaria, enfim. São preferências periféricas, que são superadas pelo amor que o outro dedica a você.

Sobretudo, lembre-se de que você nunca encontrará alguém perfeito para namorar, mesmo porque “amar é construir alguém querido, e não, querer alguém já construído”. Pense nisso!

Fonte: Cleofas

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.