Por José Eymard Em Crescendo na Fé Atualizada em 26 SET 2017 - 14H20

Os Salmos nas melodias da minha vida

Foto de: reprodução.

salmos_

"...precisamos ter a Palavra de Deus em nossos
lábios para as diversas composições da vida".

Naquele instante, após caminhar dias apressadamente, Maria chegou à casa de Isabel, sua prima. O encontro transbordava felicidade. Não apenas por matar a saudade entre elas, mas pelas almas gratas que se encontravam. Foi aí que Maria cantou seu Magnificat. Ela quis partilhar com sua prima todo o agradecimento pelas maravilhas que Deus havia feito em seu favor. As palavras da Mãe de Jesus foram junções de salmos e profecias. Ela conhecia a Palavra de Deus e juntou os versos para fazer o seu canto. O Magnificat é repetido todos os dias, pois o Senhor faz maravilhas a quem se faz pequeno.

Assim como Maria cantou, nós também precisamos ter a Palavra de Deus em nossos lábios para as diversas composições da vida. As melodias alegres e as tristes. As harmonias de drama e de superação. Precisamos olhar o Livro dos Salmos como uma riqueza para nossa oração diária.

Você sabia que os consagrados rezam todos os dias a Liturgia das Horas? É um livro que contém salmos e leituras. Essa riqueza da nossa Igreja ajuda na santificação das horas, porque são orações desde o amanhecer até antes de dormir. Não são apenas para os consagrados, mas todos podemos ter acesso a essas preces pelos aplicativos, internet, ao comprar o livro dos leigos. Assim teremos um novo auxílio nas orações.

Como os salmos nos ajudam?

Os autores dos Salmos, como Davi, escreveram essas preces em diversas situações de suas vidas. Louvores, agradecimentos, angústia, sofrimento… E nós também vivemos esses momentos e procuramos respostas para nossas lutas. Vamos mergulhar nos exemplos:

Salmo 30 (29)

Para quem se arrependeu dos pecados e espera a calmaria após as tempestades da vida.

Cantai salmos ao Senhor, povo fiel, dai-lhe graças e invocai seu santo nome! Pois sua ira dura apenas um momento, mas sua bondade permanece a vida inteira; se à tarde vem o pranto visitar-nos, de manhã vem saudar-nos a alegria.

Salmos 20 (95)

Para quem quer louvar e agradecer o Senhor pelas maravilhas.

Cantai ao Senhor um cântico novo, cantai ao Senhor toda a terra. Cantai ao Senhor, bendizei o seu nome; anunciai a sua salvação de dia em dia. Anunciai entre as nações a sua glória; entre todos os povos as suas maravilhas. Porque grande é o Senhor, e digno de louvor, mais temível do que todos os deuses. Salmos 23 (22)

Para quem deposita sua confiança no Senhor e sabe que Ele cumpre suas promessas.

O Senhor é meu pastor, nada me faltará. Em verdes prados ele me faz repousar. Conduz-me junto às águas refrescantes, restaura as forças de minha alma. Pelos caminhos retos ele me leva, por amor do seu nome. Ainda que eu atravesse o vale escuro, nada temerei, pois estais comigo. Vosso bordão e vosso báculo são o meu amparo. 

Salmos 27 (26)

Para quem vive angustiado, mas sabe que o Senhor não abandona.

O Senhor é minha luz e minha salvação; de quem terei medo? O Senhor defende a minha vida; a quem temerei?

São 150 capítulos no Livro dos Salmos. Que essa riqueza nos ajude nas orações diárias, como ajudou Maria no seu agradecimento, pois o Senhor fez em nós maravilhas e santo é o seu nome!


Escrito por
José Eymard (Foto José Eymard)
José Eymard

Apresentador do Bem-vindo Romeiro na TV Aparecida e Jovem de Maria.

3 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por José Eymard, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.