Dia 27 de Janeiro de 2019


Missa de Envio JMJ Panamá 2019
Missa de Envio JMJ Panamá 2019

A manhã deste domingo (27) foi marcada pela Missa de Envio da JMJ 2019. A celebração foi presidida pelo Papa Francisco e reuniu quase um milhão de pessoas no Campo São João Paulo II, na Cidade do Panamá.

Fazendo referência ao Evangelho do dia, o Santo Padre afirmou que nem todos da época de Jesus o ouviram e não se sentiram convidados. Trazendo a passagem para os dias atuais, disse:

“A nós, também pode suceder o mesmo. Nem sempre acreditamos que Deus possa ser tão concreto no dia-a-dia, tão próximo e real, e menos ainda que Se faça assim presente, agindo através de alguém conhecido, como um vizinho, um amigo, um parente.”

Em seguida, chamou a atenção:

“Não é raro comportarmo-nos como os vizinhos de Nazaré, preferindo um Deus à distância: magnífico, bom, generoso... mas distante e que não incomode. Porque um Deus próximo no dia-a-dia, amigo e irmão pede-nos para aprendermos proximidade, presença diária e, sobretudo, fraternidade. Ele não quis manifestar-Se de modo angélico ou espetacular, mas quis dar-nos um rosto fraterno e amigo, concreto, familiar. Deus é real, porque o amor é real.

Da mesma forma, Francisco comparou que é comum que, nas comunidades, os jovens também sejam desacreditados, como Jesus o foi. E alertou:

“E, assim, uma pessoa que nascera para ser profecia e anúncio do Reino de Deus acaba domesticada e empobrecida. Querer domesticar a Palavra de Deus é realidade de todos os dias.”

Em seguida, o Papa alertou especificamente a juventude, dizendo que suas vidas não são uma promessa para o futuro, mas para o agora.

“Como se ser jovem fosse sinônimo de «sala de espera», para quem aguarda que chegue o seu turno. E, enquanto este não chega, inventam para vós ou vós próprios inventais um futuro higienicamente bem embalado e sem consequências, bem construído e garantido com tudo «bem assegurado». É a «ficção» da alegria.” E acrescentou:

“Vós, queridos jovens, não sois o futuro, mas o agora de Deus”.

Francisco também destacou que Jesus não é uma moda passageira, mas é “amor de doação, que convida a doar-se”.

No encerramento de sua homilia, o Santo Padre deu uma mensagem final, de acordo com o tema proposto para a JMJ:

“Ao longo de todos estes dias, como um fundo musical, acompanhou-nos de modo especial o «faça-se» de Maria. Ela não Se limitou a acreditar em Deus e nas suas promessas como algo possível, mas acreditou em Deus e teve a coragem de dizer «sim» para participar neste agora do Senhor. Sentiu que tinha uma missão, apaixonou-Se, e isso decidiu tudo (...).

Quereis viver em concreto o vosso amor? O vosso «sim» continue a ser a porta de entrada para que o Espírito Santo conceda um novo Pentecostes ao mundo e à Igreja”.

#JMnaJornada

Encontro do Santo Padre com os Voluntários
Encontro do Santo Padre com os Voluntários

Em seu último compromisso oficial na JMJ do Panamá, às 16h30 deste domingo (19h30, pelo horário de Brasília), o Papa Francisco se encontrou com os quase 20 mil voluntários que trabalharam na jornada. 

A cerimônia começou com o agradecimento de um padre, representando o clero da Arquidiocese do Panamá. Ele exprimiu os sentimentos de gratidão e alegria, comuns a todos os anfitriões desta JMJ.

Em seguida, um voluntário da Polônia, sede da última JMJ, realizada em 2016, disse que os frutos colhidos na Jornada não são para si mesmos, mas para para amigos, família e tantas outra pessoas. O jovem finalizou sua fala atendendo ao pedido constante de Francisco, para que rezemos por ele: "A oração é muito importante, por isso prometemos rezar pelo senhor e pedimos que sempre reze por nós, jovens. Nos vemos em Portugal, se Deus quiser".

A seguir, o comovente depoimento de uma voluntária panamenha, que em 2016 planejava ir à JMJ na Polônia, mas teve de desistir para cuidar de familiares doentes: "Estou muito agradecida pela oportunidade de ser voluntária. Desde pequena, ouvia sobre este encontro e nunca imaginei meu país sendo sede de um evento como este. Mas vimos que o senhor providencia tudo. Nunca pensei que seria voluntária, responsável pelos símbolos da JMJ, dados por João Paulo II. A jornada me ajudou a conhecer melhor a Igreja, que é um lugar para todas as idades e raças".

Por fim, foi dado o testemunho de uma voluntária portuguesa, anfitriã da próxima JMJ: "Foi de lá que partiram caravelas para todo o mundo, com a cruz de Cristo nas velas brancas. A devoção a Nossa Senhora nos confirma como terra de Santa Maria, terra que te espera de braços abertos. Nossa alegria já é imensa só em saber que as ruas e praças de Lisboa estarão cheias de jovens à sua espera".

Em seguida, houve uma interessante e bem humorada encenação da Anunciação do anjo a Maria, trazida para a atualidade. 

Por fim, antes das palavras do Santo Padre, o Arcebispo do Panamá, Dom José Ulloa, dirigiu seus agradecimentos ao Pontífice e aos voluntários da JMJ: "Cada um dos voluntários acolheu o chamado para tornar possível essa jornada, que ficará marcada no coração de cada peregrino. Cada um com sua entrega para a realização desta JMJ. Eles são a prova visível de que há esperança para os nossos jovens. Sua presença demonstra que é possível dar mais, não só seu talento e seu tempo, mas também até apoio econômico para que este evento se tornasse uma festa de todos. Obrigado, voluntários. Vocês tornaram possível viver este pentecostes juvenil. Vocês são o coração e o motor desta JMJ. Continuem sendo mensageiros do amor misericordioso de Deus".

Encerrando o encontro, o Papa Francisco falou aos voluntários: "Queridos voluntários, antes de terminar esta JMJ, quis encontrar-me com vocês para agradecer a cada um pelo serviço realizado. Obrigado por terem compartilhado suas experiências pessoais e dar conta da comunhão que se cria quando nos unimos para servir os outros.

Nossa fé torna-se mais viva, dinâmica, real. Vocês agora sabem como bate o coração quando se vive uma missão. Vocês viram com sua própria vida que não existe amor maior do que dar a vida pelos seus amigos. Apesar de todos os inconvenientes, temos uma missão a cumprir. Deus chama-nos a fazer o que podemos e a pedir o que não podemos. Não se assustem com suas fraquezas. Levantem e continuem, sempre avante. Deus sabe perdoar todas as coisas", incentivou o Papa.

A oração dá corpo e vitalidade a tudo q fazemos. Rezando, sabemos que fazemos parte de uma família muito maior: a dos santos e santas que nos apontam o caminho.

Vocês quiseram comprometer-se, essa palavra que querem apagar: COMPROMISSO. Dar o melhor de si para tornar possível o milagre da multiplicação, não só dos pães, mas da esperança. Necessitamos multiplicar a esperança.

Obrigado por tudo isso. Não esqueçam de rezar por mim", finalizou.

Após o encontro, o Papa partiu para o Aeroporto de Tocumen, de onde embarcou no voo de volta para Roma.

#JMnaJornada

Despedida Papa Francisco no Aeroporto
Despedida Papa Francisco no Aeroporto

Às 18h (21h pelo horário de Brasília) aconteceu uma breve cerimônia de despedida do Santo Padre no aeroporto de Tocumen, novamente com a presença do presidente e a primeira-dama do Panamá, além de outras autoridades civis e eclesiais.

Às 18h15 (21h15, pelo horário de Brasília), o Papa embarcou de volta para o Vaticano.

Nos vemos em Portugal, Papa Francisco!

#JMnaJornada

Atualização: O Papa Francisco já está em Roma

O avião que trouxe o Santo Padre de volta do Panamá chegou na manhã de segunda-feira a Roma. Depois de intensos quatro dias com os jovens participantes da JMJ 2019, o Papa se prepara agora para uma nova missão: os Emirados Árabes Unidos.

O avião, da companhia aérea Avianca, aterrissou ao aeroporto romano de Ciampino às 11h15 (hora local). Assim que chegou, o Santo Padre foi direto para a Basílica de Santa Maria Maior, onde se recolheu em oração diante do ícone "Salus Popoli Romani", em agradecimento pelo bom êxito de sua missão no Panamá.

Francisco deverá embarcar para Abu Dhabi na noite de domingo (03) permanecendo na cidade até terça-feira, dia 5.

#JMnaJornada

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.