Por Redação A12 Em Mundo Atualizada em 20 MAR 2020 - 16H04

Coronavírus: A12 traz entrevista ao vivo com jornalistas na Itália e Espanha

Felipe guimarães/A12
Felipe guimarães/A12


À medida que as autoridades atualizam seus dados de casos do Covid-19, jornalistas do mundo inteiro trabalham para divulgar a situação e as medidas de prevenção ao novo Coronavírus.

Pensando na preservação das equipes, o Redação A12 ao vivo foi suspenso temporariamente. A medida é para garantir a integridades dos jornalistas no estúdio e também dos entrevistados. Porém, o trabalho de apuração, divulgação e informação não para. Nossas equipes podem entrar ao vivo a qualquer momento com as últimas informações da pandemia e comunicados importantes.

.::. Assista a todas as lives do Redação A12 .::.

Eduardo Gois mostrou a nova página do A12 reunindo informações sobre o Covid-19: A12.com/coronavirus e também os serviços oferecidos pelo A12 e pela Rede Aparecida de Comunicação.

As missas do Santuário Nacional de Aparecida, agora sem fiéis, podem ser acompanhadas pelo A12, através da TV ao vivo, aplicativo e pelas redes sociais.

Veja todas as orientações e os serviços apresentados pelo jornalista:

Com um jornalismo de serviço, o A12 trouxe, nesta sexta-feira (20), uma entrevista ao vivo pela internet com o jornalista da Rádio Vaticano em Roma, na Itália, Silvonei José Protz e também com Allan Ribeiro, ex-colega de redação no A12 e que atualmente mora na Espanha.

Direto de Roma, na Itália:

Direto de Roma, Silvonei José Protz destacou que, com um número de mais de 3.400 mortes na Itália pelo novo Coronavírus, as pessoas começaram a tomar consciência da gravidade da pandemia quando os números de infectados e mortes dispararam.

A Itália é, atualmente, o país que registra o maior número de mortes por Coronavírus, superando até mesmo a China, epicentro da epidemia.

Leia MaisVai fazer home office por causa do Coronavírus? Veja as dicas “O segundo estágio dessa consciência foi, em dado momento, o pânico, as pessoas que foram para os supermercados, as pessoas que querem ou não se isolar. Nesse terceiro estágio, estamos com as ruas desertas e as pessoas são obrigadas a permanecer isoladas dentro de casa, afirmou.

Silvonei destacou que a Europa vive momentos alarmantes e a todo momento saem novos decretos e orientações do Governo para tentar conter a proliferação do novo vírus.

O jornalista comentou que o quadro mais triste é o grande número de vidas perdidas na Itália, que atinge principalmente as pessoas acima dos 60 anos de idade.

Rotina dos profissionais de comunicação no Vatican News

Grande parte dos profissionais da Rádio Vaticano, Vatican News e Vatican Media estão trabalhando em regime de home office para continuar levando a mensagem do Papa Francisco ao mundo, em 40 idiomas diferentes.

Segundo Silvonei, que é responsável pela redação em português, a equipe, composta por brasileiros que vivem em Roma, também está seguindo este rodízio. Trabalhamos para que nossos programas radiofônicos, as transmissões do Papa e nossas redes sociais continuem chegando a todas as pessoas e elas se sintam abraçadas por essa esperança”.

Leia MaisPapa reza pelos profissionais de saúdeO jornalista falou que a produção de notícias foi intensificada para deixar as pessoas bem informadas e também levar um sentimento de esperança durante este período de quaresma.

Entre Vatican News e Vatican Media, funcionam 40 veículos diferentes, de 60 nacionalidades. Cerca de 90% das equipes estão trabalhando em regime de home office. Silvonei fez questão de destacar que todos estão trabalhando muito em sinergia para levar a mensagem do Papa.

Papa Francisco

Silvonei citou as palavras do Papa Francisco, pedindo que as pessoas vivam esse momento de dificuldade “com penitência, compaixão e esperança. E humildade, porque muitas vezes esquecemos que na vida existem "áreas escuras", os momentos escuros. Pensamos que eles só podem ocorrer a outras pessoas”.

O jornalista ainda destacou as palavras do Santo Padre sobre o futuro.

“O Papa disse que o que está acontecendo servirá para 'lembrar aos homens de uma vez por todas que a humanidade é uma única comunidade'. E como é importante, decisiva, a fraternidade universal”, afirmou Silvonei, lembrando as palavras do Pontífice.

Para o jornalista, a pandemia de Coronavírus deve servir para uma reflexão sobre nosso egoísmo, sobre como nos preocupamos com o outro.

Conselho aos brasileiros

Aos brasileiros, Silvonei alertou que o melhor caminho para conter a pandemia é o isolamento. “Fiquem em casa!”.

“Vamos ser responsáveis por aqueles que estão ao nosso lado, vamos evitar aglomerações e nos voltar ao essencial da nossa vida, a estar em casa com a família e pensar no que realmente é essencial em nossas vidas”, continuou.

Direto de Madrid, na Espanha:

De Madrid, Allan Ribeiro partilhou um pouco sobre a experiência que tem vivido na Espanha. Durante o bate-papo com Eduardo Gois, partilhou como sua rotina foi impactada pelas medidas de prevenção, devido ao grande avanço dos números de casos e mortes na Espanha.

Leia MaisPadre Inácio conversa ao vivo com o A12 sobre a Quaresma e Semana SantaA Espanha já registra mais de 20 mil casos e mais de mil mortes em decorrência do Covid-19.

“A grande questão aqui na Espanha é que quase metade dos casos de Coronavírus concentra-se na cidade de Madrid. Temos tomados medidas de prevenção. As aulas formam suspensas e no último sábado o Governo determinou que as pessoas fiquem em casa. Apenas dos serviços essenciais estão funcionando.”

Vida em quarentena

“É difícil, mas necessário”, afirmou Allan. O jornalista afirmou que aproveita o tempo em quarentena para fazer as aulas online e estudar novas línguas. Segundo Allan, a sua rotina antes da pandemia na cidade de Madrid sempre foi muito agitada e as mudanças precisaram de grande adaptação.

Allan destacou que o isolamento em casa pode ser visto como uma oportunidade de fazer outras atividades que, antes, a vida corrida não permitia.

Perspectivas para a Espanha

Ele acredita que as medidas de prevenção demoraram e que isso fez com que os casos de Covid-19 se alastrassem por dos os estados da Espanha. Allan acredita que os próximos dias ainda serão tempos difíceis e de medidas de enfrentamento da pandemia.

Ele também destacou a necessidade da conscientização da população, seguindo as recomendações do Governo e também as orientações dos médicos e especialistas.

“A situação é de cuidado, mas acreditamos em Deus que tudo vai melhorar”, finalizou Allan Ribeiro.


.::. O A12 tem uma página que reúne orientações relacionadas ao combate e prevenção ao Covid-19. Acesse em A12.com/coronavirus

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.