Marco Antonio

Sob o manto da Mãe - Marco Antonio

"Eu acredito que seja uma bênção da Mãe."

Marco Antonio

“O fato ocorreu em meados de 1988, quando eu residia na cidade de Carmo do Rio Claro. Fui designado pelo meu comando para fazer a segurança da imagem de Nossa Senhora Peregrina, que vinha passando em nossa região e iria fazer uma parada no trevo da cidade. Porém, ao final do dia, tomei conhecimento de que o trajeto havia sofrido mudanças e a imagem não mais passaria pela cidade.

Fiquei um pouco triste com a notícia, mas pela madrugada fui acordado e me disseram que era para eu me deslocar para o trevo daquela cidade porque a imagem passaria por ali. Para lá eu fui com os meus comandantes, eu era cabo da Polícia Militar na época. Esquematizei tudo o que eu deveria fazer, impedi uma das pistas da rodovia para que houvesse uma melhor fluidez para o pessoal da romaria e para que tivesse maior segurança para o trânsito naquele local, uma vez que se tratava de uma rodovia. No entanto, a comitiva ao se aproximar do local designado para a mudança de faixa, se enganou e as pessoas entraram na faixa contrária, ou seja, no fluxo de veículos da rodovia, na pista que estava liberada para o trânsito, e isso me causou uma grande preocupação porque poderia ocorrer ali um acidente. Imediatamente eu fui socorrê-los, tomar novas medidas para evitar acidentes, e nesse momento eu estava fumando. Lancei o cigarro ao solo, apaguei-o e socorri o pessoal. O padre meio que desesperado com a situação, devido a multidão que avançou na caminhonete para tocar a Santa, entregou-a a mim para eu cuidar até que fizessem a manobra, e assim eu fiz.

O pessoal juntou-se a mim, vieram muitas pessoas, derrubaram o meu quepe ao solo, que foi sapateado, pisoteado e danificado totalmente. Após esse episódio, eles seguiram viagem para a cidade de Passos e eu fui embora para a minha residência. O maço de cigarros estava no bolso e eu peguei um cigarro para fumar, porém, não me senti bem com ele, aquilo me fez mal, me deu uma rejeição, me deu náuseas, deu enjoo, repulsa. E eu estou até hoje sem fazer uso do cigarro. E o fato interessante é que eu já havia tentado parar de fumar por três vezes, finalmente consegui me ver livre desse vício numa situação totalmente inesperada. Após aquele momento, que eu não posso nem catalogar, mas eu acredito que seja uma bênção da Mãe.”

Sob o manto da Mãe - Marco Antonio
Sob o manto da Mãe - Marco Antonio

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação, em TV Aparecida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.