Maria de Fátima e Jurandir

Sob o manto da Mãe - Maria de Fátima e Jurandir

"Eu vi o manto, era um vulto com o manto."

Maria de Fátima

“Quando venho aqui e passo aos pés dela, eu choro. Eu sou muito devota e fiz uma promessa. Agradeço todos os dias a Deus e não deixo a minha religião por outra religião nenhuma. Ela é tudo para mim. Eu vou a missa todos os domingos, não faltamos à igreja e nossos filhos têm que seguir os passos. Rezo meu terço todos os dias e todo ano venho aqui agradecer e pedir ainda mais graças. Eu estava no isolamento, na UTI, eu vi o manto. Era um vulto com o manto. Aí ali dentro mesmo eu pensei: ‘Se eu saísse dessa, enquanto vida eu tivesse, só vestiria o azul e o branco, porque era o manto dela’. Desde 2011 eu só visto essa cor, outra cor não visto. Se eu estou hoje aqui é por causa de Deus e Nossa Senhora, então, tenho um propósito aqui na terra.”

Sob o manto da Mãe - Maria de Fátima e Jurandir
Sob o manto da Mãe - Maria de Fátima e Jurandir

"Por isso que a gente tem fé na Santa."

Jurandir Modesto

"Ela teve uma infecção generalizada porque os médicos a operaram errado. Aí não teve jeito! Ela ficou na UTI uns oito, dez dias, foi desenganada, porque a cada cem pessoas só salva uma; e infecção generalizada é muito difícil. Então foi milagre mesmo de Deus e Nossa Senhora Aparecida, que abençoou e a ajudou. Por isso que a gente tem fé na Santa."

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação, em TV Aparecida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.