Antonio Solari (leigo)

O leigo Antonio Solari nasceu no dia 27 de janeiro de 1861 em Ciávari (Itália). Por volta de 1865 a família mudou-se para Argentina, Buenos Aires. Antonio viveu em um ambiente familiar de religiosidade, num meio anti-clerical. O Pai, em constantes viagens à Itália, morre em 1881. Seu irmão assume a família, tem um trabalho público, mas fica doente e tem que abandonar o trabalho. Antônio começa a trabalhar em um escritório de advocacia, tendo o cargo de procurador. Assim sobe de posto. No dia 25 de outubro de 1883 chegam os redentoristas a Argentina. 

Oblato redentorista 

Oblato da Congregação dos padres redentorista, terciário dominicano, sócio da Confraria do Santíssimo Sacramento da Catedral, estava continuamente rodeado de pobres que socorria e instruía. Insigne catequista, especialmente para os operários e jovens. Fundou a Associação dos jovens cristão, um oratório festivo, a conferência de São Vicente dos jovens, a missa dos estudantes, que nos últimos anos reunia 1500 estudantes, com a participação das autoridades eclesiásticas civis e acadêmicas de B.Aires. O dentro dos estudantes secundários das Vitórias, o centro da alfabetização dos operários, o lar S.Vicente de Paulo para as famílias de operários inválidos, foi também colaborar e propagador de diversas outras obras de apostolado, principalmente dos Círculos Operários fundados pelo Pe. Frederico Grote, cssr. 

Morre aos 14 de julho de 45 84 anos, 6 meses e 17 dias.

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.