Por Pe. José Carlos Pereira Em Artigos

Amigos

Ao longo da nossa vida, nos lugares por onde passamos, ou vivemos, encontramos pessoas que marcam a nossa vida e que jamais são esquecidas. Elas não precisaram, e nem precisam fazer nada de especial para serem especiais, porque não passaram pela nossa vida por acaso. Foi Deus que as colocou em nosso caminho. São pessoas que pela sua bondade fizeram com que descobríssemos a bondade que existe em nós. Essas pessoas são como anjos que Deus colocou em nosso caminho para mostrar que a vida sem nossos semelhantes não teria a menor graça, não teria significado algum.

Tive e tenho muitos desses "anjos" no meu caminho e creio que você também tem os seus. Basta olhar a sua volta, ou retroceder um pouco no tempo e verá quantas pessoas maravilhosas passaram pela sua vida. Algumas deixaram ensinamentos que marcaram para sempre a sua existência. Algumas delas se perderam no tempo, perdemos o contato, porém continuam vivas na nossa lembrança pelo que elas representaram na nossa vida. Essas continuam como as estrelas: distantes, inalcançáveis no infinito, mas continuam a brilhar na noite escura de nossas vidas.

Outras já se foram, porque cumpriram sua missão nesse mundo, mas nos deixaram um legado que jamais se extinguirá. Essas não morrerão enquanto existirmos. Há também as que estão presentes, embora ausentes, ou distantes geograficamente e mesmo sem falar com elas todos os dias, sabemos que estão lá e quando precisarmos é só procurá-las que estarão sempre de braços abertos para nos acolher como se tivéssemos nos encontrado ontem.

Existem aquelas que estão presentes, no presente, no dia a dia de nossas vidas e que pelo simples fato de existirem vale a pena acordar todas as manhãs, vale a pena viver. São como flores enfeitando o jardim na nossa existência.

Ah, e têm também os "anjos" virtuais, aquelas pessoas que não conhecemos pessoalmente, mas que mesmo virtualmente transmitem essa força e esse carinho que deixam a vida mais colorida, mais bonita. São pessoas mais ideais que reais, mas são pessoas, são amigas, existem de alguma forma, mesmo que seja somente na nossa imaginação. Mas isso já é o suficiente para que se tornem especiais.

Esses "anjos" não são muitos, são raros e caros, e agem como se fossem uma legião, conferindo a nossa vida a alegria de viver. Ah, que seria de nós sem os nossos amigos, sem essas pessoas que tanto iluminam a nossa vida? Quem dera poder elencar, aqui, o nome dessas pessoas especiais! Só não o faço por medo de cometer a injustiça de deixar alguma de fora, pois embora não sejam tantas, elas representam uma quantia significativa e suficiente para eu acordar toda manhã e deixar uma mensagem para elas, para orar por elas, essas pessoas especiais que Deus coloca na nossa vida. Mesmo que elas não as visualize, ou não saiba que oramos por elas, ou as consideramos assim, tão especiais. São amigos, são anjos, são pessoas que têm um "quê" de Deus na sua vida.

Padre José Carlos Pereira, CP é sociólogo e escritor de mais de 50 livros

Escrito por
Pe, José Carlos Pereira
Pe. José Carlos Pereira

Padre José Carlos Pereira, CP é sociólogo e escritor de mais de 50 livros

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.