Por Marcus Eduardo de Oliveira - Jornal Santuário Em Artigos

Defaunação

O mundo está passando por uma das maiores extinções de animais já vista. Esse processo recebe o nome de “Defaunação”.

Em artigo publicado na prestigiosa revista científica Science, denominado Defaunation in the Anthropocene, Rodolfo Dirzo (Universidade Stanford) e Mauro Galetti (UNESP), abordam os impactos antrópicos sobre a biodiversidade de animais.

Em resumo, a pesquisa realizada por Dirzo e Galetti mostra a gravidade de vivermos num mundo sem a presença de animais.

Entre os vertebrados terrestres, 322 espécies foram extintas desde 1500, enquanto as populações das espécies restantes mostram 25% de declínio médio em abundância.

Em relação aos invertebrados, 67% das populações monitoradas mostram 45% de declínio. Para Dirzo, “a defaunação é um componente fundamental da sexta extinção em massa do Planeta e um dos principais responsáveis pela mudança ecológica global”.

Ainda do estudo realizado cabe ressaltar as principais consequências da defaunação. Vejamos:

– Polinização – insetos polinizam 75% da produção agrícola do mundo e a redução na fauna de abelhas e outros polinizadores pode reduzir a produção de alimentos.

– Controle de Pestes – morcegos e aves controlam pragas agrícolas.

– Ciclagem de Nutrientes e Decomposição – Invertebrados e vertebrados (urubus) tem um papel importante na decomposição orgânica e na ciclagem de nutrientes.

– Qualidade da Água – A defaunação também afeta a qualidade da água. O declínio de sapos e pererecas aumenta as algas e detritos, reduzindo nutrientes.

Marcus Eduardo de Oliveira é economista especializado em Política Internacional

 

Escrito por
Marcus Eduardo
Marcus Eduardo de Oliveira - Jornal Santuário

Marcus Eduardo de Oliveira é economista especializado em Política Internacional

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.