Por Sidney Oliveira Em Artigos

Fazendo terapia com os amigos

Recentemente, depois de uma conversa animada com alguns amigos, na volta para casa, fez-me refletir sobre a importância destes encontros.

Aquele bate-papo com pessoas tão queridas e importantes, me fez voltar ao passado. Lembranças boas de um tempo que não volta mais e que foi fundamental para minha trajetória.

E sabem por quê? Quando estamos com os amigos que consideramos e depositamos total confiança, é muito mais fácil e simples falar sobre os nossos sentimentos ou sobre nossos problemas ou fracassos. Com os amigos podemos dividir todas as nossas alegrias e tristezas!

Amigo que é amigo encara qualquer desafio para estar ao seu lado. E, tem aqueles amigos de infância, que viveram uma “vida inteira” ao seu lado. Vocês estiveram juntos nas brincadeiras e nas broncas, no despertar do amor, nas viagens de férias, na comemoração do emprego novo, na formatura, no nascimento dos filhos. Enfim, em cada etapa ou data importante.

Mas a vida é dinâmica. E, a todo momento, você pode fazer novos e fiéis amigos. Como reconhecê-los? Nas atitudes. Eles, também, vão acrescentar bons momentos a sua vida.

Algumas vezes, podemos ter decepções quando depositamos muita confiança ou expectativa numa amizade. Mas, basta uma conversa para que tudo se esclareça.

Para ilustrar, gostaria de citar um dos maiores poetas brasileiros, Mário Quintana, que no poema “Borboletas” consegue transmitir com palavras, o que nós sentimos com o coração.

Ele diz assim: “As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui para satisfazer as delas. As pessoas não se precisam, elas se completam. Não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida”.

Porém, as pessoas só podem entrar na nossa vida com o nosso consentimento. E vou contar mais um segredo: para se ter uma bela amizade você precisa baixar o nível de suas expectativas e não julgar as atitudes de quem quer que seja!

Lembre-se que, apesar da amizade, cada um tem o direito de ter seus próprios padrões e regras. Isso não quer dizer que são menos amigos por causa disso. Como em qualquer outro relacionamento, o respeito é fundamental.

Mas, voltando ao início, apesar de vivermos num mundo onde o imediatismo e as cobranças fazem parte da rotina diária, prezamos a vida em grupo. E se faz necessário dividir alguns momentos com quem é importante em nossa vida.

Quer saber do que mais? Garanto que lendo esse texto, você se lembrou de todos os seus melhores amigos, não é mesmo?

Então, o que você está esperando para ligar e marcar um encontro? Conhece aquela frase: “às vezes, tomar um café com seu melhor amigo é a melhor terapia que você precisa”?

Pois agende sua “terapia”. Garanto que você não vai se arrepender!

Sidney Oliveira é empresário, presidente da Ultrafarma

Escrito por
Sidney Oliveira
Sidney Oliveira

Sidney Oliveira é empresário, presidente da Ultrafarma

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Carolina Alves, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.