Por Sidney Oliveira Em Artigos

O poder da caridade e do perdão

Quando paramos para refletir sobre o mistério da vida, dificilmente chegamos a conclusões óbvias ou exatas. Isso porque estamos falando sobre sentimentos e não de certezas.

Sempre há o outro lado da moeda. Por isso, é tão difícil dar conselhos e impossível fazer julgamentos sobre a conduta alheia. Muita gente acredita que pode jogar pedras no telhado do vizinho, mas se esquecem que todos têm o “seu telhado de vidro” que pode quebrar a qualquer momento.

Em resumo: ninguém tem controle sobre a vida. Porém, podemos viver de uma maneira cordial, equilibrada e, por que não, muito feliz! Você quer saber como? Basta valorizar os sentimentos, tanto os seus como o do próximo.

Não estamos falando de sentimentos que só atrapalham a vida da gente, como tristeza, mágoa, raiva, inferioridade. Também quero ressaltar que essa conquista exige muita luta e perseverança.

Com certeza, você conhece a vida de pessoas abnegadas e que são exemplos para a Humanidade. Uma delas é Madre Teresa de Calcutá, que disse: “O bem que você faz hoje pode ser esquecido amanhã. Mas, preste atenção que, ao final das contas, é tudo entre você e Deus. Nunca será entre você e os outros”.

O que isto significa? Que devemos ser caridosos e ajudar o próximo sem esperar nada em troca. Apenas, faça a sua parte. E seu coração vai se encher de amor e alegria.

Em muitos casos, acontece exatamente o contrário. Quando não recebemos o agradecimento que esperamos, nosso coração se enche de ressentimento e mágoa.

Esqueça isso. Todas as vezes que fizer algo de bom, agradeça a Deus a oportunidade de ser útil, de poder usar e aprender mais sobre bons sentimentos.

Você vai perceber que a cada atitude generosa que tomamos, vamos aprendendo e crescendo como cristãos. Por isso, pare de cobrar o outro por atitudes que nem sempre estão ao alcance da sua compreensão.

Quer outro exemplo? O que é mais fácil perdoar ou pedir perdão? Saiba que ao pedir perdão, um gesto maravilhoso de humildade, você está pondo em prática os ensinamentos do nosso grande Mestre Jesus.

O perdão, além de ser divino, é capaz de oferecer um novo sentido para nossas vidas. O perdão, em qualquer circunstância, é capaz de aliviar nossas próprias angústias e aflições. Afinal, errar é humano! E perdoar os erros do próximo é um dos maiores ensinamentos de Jesus em sua passagem pela Terra, por isso é divino.

Recentemente, recebi uma mensagem que dizia o seguinte: “A vida é como uma câmera fotográfica. Foque no que é importante, capture os bons momentos. E, se a imagem não saiu como você queria, é simples: tire outra foto!”

Podemos fazer um paralelo da forma como tentamos equacionar a vida. Ela não é estática. Muito pelo contrário. A vida é um movimento constante. A paisagem muda, a luz tem suas nuances e tudo depende do momento que estamos atravessando.

Sidney Oliveira é empresário, presidente da Ultrafarma

Escrito por
Sidney Oliveira
Sidney Oliveira

Sidney Oliveira é empresário, presidente da Ultrafarma

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Carolina Alves, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.