Por Pe. Evaldo César de Souza, C.Ss.R. - Jornal Santuário Em Artigos Atualizada em 16 SET 2019 - 10H47

Por que Jesus foi batizado quando era adulto, e não quando era criança?

Positiffy/ Shutterstock
Positiffy/ Shutterstock


Leia MaisIndependência e vidaOuvintes, praticantes e servidores da Palavra Como ter certeza de que Deus me escolheu?Quem é católico pode ser cremado?Uma das passagens do Evangelho que acho mais bonita é justamente a que fala do batismo de Jesus. E o mais interessante é que cada um dos evangelistas pintou esse momento com cores diferentes. É só pegar os quatro Evangelhos e comparar as narrações do batismo de Jesus.

Vamos encontrar diferenças fundamentais, pois cada um dos escritores descreveu o batismo a partir de determinado ângulo. Mas em uma coisa eles concordam: no batismo, a Trindade santa estava presente – Pai, Filho e Espírito Santo.

Na época de Jesus, existiam muitos movimentos que pregavam a conversão e a ira de Deus pela humanidade pecadora. João Batista era líder de um grupo desse tipo, e foi justamente ele quem batizou Jesus. Nessa época, Jesus devia ter uns 30 anos, ou seja, era adulto. O batismo de Jesus, ao contrário do nosso, não era um momento de adesão ao projeto de Deus, afinal ele era o próprio Deus encarnado. O Batismo de Jesus foi o momento de revelação de Jesus como o enviado de Deus para a redenção da humanidade.

Naquele momento, iniciou-se o caminho que conduz ao Reino de Deus. Basta ver o Evangelho de Marcos, que começa justamente com o batismo. É importante saber que no tempo de Jesus não existia ainda o Sacramento chamado Batismo, muito menos para crianças. Foi Jesus que inaugurou o “Sacramento do Batismo", tal qual o conhecemos hoje. E digamos mais: o batismo na Igreja também era coisa oferecida somente aos adultos, e só depois de muito tempo é que começamos a batizar crianças. O que motivava o batismo de adultos era a opção pessoal pelo Cristo. E o que motiva o batismo de crianças é a adesão dos pais e padrinhos que querem a mesma fé para seus filhos, porque acreditam no valor dessa escolha.

O que devemos aprender, então, com a pergunta inicial: O batismo de Jesus foi momento da apresentação de seu projeto de amor para o mundo, desenvolvido depois em todo seu apostolado. Nosso batismo, seja na fase adulta ou na infância, marca nossa adesão ao Cristo e nosso propósito de conversão radical ao Evangelho.

É isso!

Escrito por
Padre Evaldo César Souza, C.Ss.R, diretoria da Fundação Nossa Senhora Aparecida (FNSA) (TV Aparecida)
Pe. Evaldo César de Souza, C.Ss.R. - Jornal Santuário

Jornalista e missionário redentorista

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.