Por André Somensari Em Jornal Santuário

Dia Internacional da Mulher: muito mais do que uma data

Mulheres JS

Foto: Reprodução

Oito de março. Anualmente, nessa data, celebramos em todos os cantos do mundo o Dia Internacional da Mulher. A efeméride em questão é decorrente de um triste fato histórico, ocorrido em 1857, nos Estados Unidos, onde as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve ocupando a empresa, para reivindicarem a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas. Elas, que recebiam menos de um terço do salário dos homens, foram fechadas na fábrica, onde começou um incêndio; cerca de 130 mulheres morreram queimadas. Essa data marcou para sempre a luta das mulheres em busca de seus direitos, e, desde 1977, a Organização das Nações Unidas (ONU) oficializou-a como Dia Internacional da Mulher.

Raquel Macedo, psicóloga, ressalta a importância da Mulher para a sociedade. “A mulher, atualmente, assume vários papéis sociais importantes, seja no mercado de trabalho, no cuidado com os filhos, na organização dos ambientes, ou em muitos casos sendo a responsável pelo sustento da própria família. O espaço dela é resultado de conquistas diárias. Apesar de seus muitos esforços e de sua competência pessoal, infelizmente, ela ainda é discriminada em seus locais de atuação simplesmente pelo fato de ser mulher; o que é um tipo de violência contra a sua dignidade.”

Diante de todas essas batalhas e tribulações diárias vividas, o Dia da Mulher tem de ser comemorado e refletido diariamente, pois todos os dias são das mulheres, diante da importância e do valor que têm na vida de todos nós!

:: Receba o Jornal Santuário em casa

:: Santuário Nacional receberá 4ª edição do Terço das Mulheres

“Devido ao seu envolvimento em muitos setores, as mulheres têm sentido pressões de diversos tipos, como a cobrança da sociedade para ser uma profissional de sucesso, ser uma mãe e esposa perfeitas, e, ainda, enfrentar a exigência de sempre apresentar uma aparência jovem, de acordo com o padrão de beleza atual. Essas cobranças e essa discriminação podem resultar em sobrecarga psicológica e problemas de saúde, como a ansiedade, prejudicando seu bem-estar. Por isso, vale a pena prestar atenção no estresse e seus impactos na vida diária feminina”, afirma Raquel Macedo.

Por tudo o que são e pelo que representam, nós parabenizamos vocês, mulheres de fé, de aço e de flores, mulheres guerreiras, de duplas e triplas jornadas, que têm de provar, diariamente, seu valor perante uma sociedade que ainda não as valoriza como deveria. E, mesmo assim, seguem perseverantes seus caminhos na luta por um amanhã melhor e por direitos iguais! Agradecemos a Deus o dom da vida de cada mulher, que Ele a abençoe e que Nossa Senhora Aparecida a cubra e proteja com seu manto!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por André Somensari , em Jornal Santuário

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.