Por Daniel Siqueira Em Jornal Santuário Atualizada em 06 ABR 2018 - 12H00

Entenda a devoção à Divina Misericórdia

 A devoção à Divina Misericórdia surgiu a partir das experiências místicas da religiosa Irmã Faustina Kowalska, propagando-se posteriormente pelo mundo inteiro. Faustina Kowalska nasceu na Polônia em 1905, no seio de uma família camponesa. Era a terceira de uma família de 10 filhos. Sua família era muito pobre por isso ela estudou apenas três anos. Aos 16 anos deixou a casa paterna para trabalhar como empregada doméstica, a fim de sustentar-se e ajudar a família financeiramente.

Tinha o desejo de ser religiosa, mas seus pais não concordavam com esta ideia. Após viver uma experiência mística em uma festa, em que teve a visão de Jesus todo chagado e desfigurado que a chamava, decidiu ir para Varsóvia. Em meio a muitas dificuldades, ingressou no convento das Irmãs de Nossa Senhora da Divina Misericórdia, onde professou seus votos em 1928.


Irmã Faustina teve várias experiências místicas que estão escritas em seu diário. A religiosa faleceu em 1938, aos 33 anos. Logo após sua morte, o arcebispo de Varsóvia autorizou o culto à Divina Misericórdia. O diário e os demais escritos de Faustina foram enviados para serem analisados pelo Vaticano. A devoção acabou por popularizar-se em toda Polônia. Em 1959 essa devoção, por erro de interpretação, acabou por ser suspensa e o diário de Faustina foi colocado entre os livros proibidos. Entretanto, em 1965, o então arcebispo de Cracóvia, Karol Wojtyla, futuro Papa João Paulo II, reabriu o processo sobre as visões de Irmã Faustina dando novas luzes a essa devoção.

No ano de 1978, um decreto Vaticano reabilitou a devoção à Divina Misericórdia. Irmã Faustina foi beatificada em 1993 e em 2000 foi canonizada pelo Papa João Paulo II, quando também foi promulgado o decreto que estabelece o segundo domingo de Páscoa como o Domingo da Divina Misericórdia. Rezemos pedindo para que possamos colher os frutos da Divina Misericórdia de Deus em nossas vidas.

Daniel Siqueira é leigo católico, formado em Filosofia pela PUC-Campinas e em Teologia pelo Instituto Teológico São Paulo (ITESP); atualmente trabalha na Editora Santuário, departamento editorial, na produção de conteúdo. 

 

:: Acesse o site da Editora Santuário e adquira a Novena à Divina Misericórdia 

 


 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Daniel Siqueira, em Jornal Santuário

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.