Por Da redação Em Jornal Santuário

Febre Amarela: sintomas, transmissão e prevenção

Febre Amarela Brasil - Ministério da Saúde

Imagem: Ministério da Saúde


A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores.
Geralmente, quem a contrai não apresenta sintomas ou eles são muito fracos. As primeiras manifestações dessa doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias.

Ela ocorre nas Américas do Sul, Central e em alguns países da África; é transmitida por mosquitos em áreas urbanas ou silvestres. Sua manifestação é idêntica em ambos os casos de transmissão. No ciclo silvestre, o vetor da febre amarela é principalmente o mosquito Haemagogus. Já no meio urbano, a transmissão se dá por meio do mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue). A infecção acontece quando alguém, que nunca contraiu a doença ou não tomou a vacina contra ela, circula em áreas florestais e é picado por um mosquito infectado. Vale ressaltar que uma pessoa não transmite a doença diretamente para outra.

:: Receba o Jornal Santuário em casa

Para eliminar o mosquito, em caso de epidemia de dengue ou febre amarela, deve-se fazer a aplicação de inseticida por meio do "fumacê”. Além disso, devem ser tomadas medidas de proteção individual, como a vacinação contra a febre amarela, especialmente para aqueles que moram em áreas com indícios da doença ou vão viajar para esses lugares.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Da redação, em Jornal Santuário

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.