Por Jornal Santuário Em Jornal Santuário

Juventude será tema do próximo Sínodo dos Bispos, em 2018

Papa Francisco - Sínodo dos Bispos - L'Osservatore RomanoFoto: L'Osservatore Romano

O Vaticano receberá, em outubro de 2018, o bispado mundial para a próxima Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, cujo tema será “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”.

De acordo com um comunicado da Santa Sé, divulgado no final do ano passado, o Papa Francisco decidiu estabelecer essa temática para o próximo Sínodo, após consultar as Conferências Episcopais, as Igrejas Orientais Católicas sui iuris, a União dos Superiores-Gerais e as sugestões dos padres da última Assembleia Sinodal.

Sobre o tema escolhido, ele é expressão da solicitude pastoral da Igreja para com os jovens e está em continuidade com o que emergiu nas recentes Assembleias sinodais sobre a família.

O texto acrescenta ainda que a finalidade do próximo Sínodo é acompanhar os jovens em seu caminho existencial rumo à maturidade, para que, por meio de um processo de discernimento, “possam descobrir seu projeto de vida e realizá-lo com alegria, abrindo-se ao encontro com Deus e com os homens, participando ativamente da edificação da Igreja e da sociedade” – lê-se no comunicado.

:: Receba o Jornal Santuário em casa

A fim de realizar de maneira jubilosa e plena sua vida, o Papa Francisco estimula os jovens a “empreender um percurso de discernimento para descobrir o projeto de Deus” para sua vida e confia-os a Maria de Nazaré, “uma jovem à qual Deus dirigiu seu olhar amoroso”.

O Papa deseja imprimir uma escultural motivação humana e eclesial do próximo sínodo sobre os jovens, incluídos nas faixas etárias entre 16 e 29 anos, ciente de que a idade juvenil exige uma adaptação às diferentes realidades locais, como foi evidenciado pelo documento preparatório.

Esse Sínodo dos Bispos de 2018 acontece depois de dois grandes momentos sinodais ocorridos em 2014 e 2015, que debateram os temas da família e do matrimônio; teve, como consequência concreta, a exortação apostólica pós-sinodal do Papa Francisco “Amoris Laetitia” – a Alegria do Amor.

Recordemos que o Sínodo dos Bispos é uma espécie de assembleia consultiva do Papa, em que têm lugar representantes dos episcopados católicos de todo o mundo. A esses representantes nacionais juntam-se peritos e várias outras pessoas convidadas que ajudam, sobretudo, na definição, contextualização e no enquadramento do tema escolhido para a assembleia sinodal.

O próximo Sínodo terá três grandes vetores como temática a desenvolver: os jovens, a fé e o discernimento vocacional.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário , em Jornal Santuário

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.