Por Mariana Bastos Em Jornal Santuário

Mulheres, atualidade e igualdade – Dia da Mulher na Editora Santuário!

 

dia da mulher editora

A tarde do dia 08 de março foi marcada de um momento especial na Editora Santuário. Com mais de 125 colaboradoras, e a maior parte dos departamentos liderados por mulheres, a empresa convidou Regina Marchi, consultora e coordenadora pedagógica, para ministrar uma palestra sobre a valorização da presença feminina no mercado de trabalho.

Regina abriu o evento apresentando mulheres com personalidades marcantes: Irmã Dulce, mulher que travou batalhas para tirar pessoas da miséria, e Maria de Nazaré, esposa, mãe, companheira de José na marcenaria e um dos maiores exemplos para humanidade com sua forma terna e, ao mesmo tempo, forte de ser.

Para Letícia Soares, coordenadora de Marketing da Editora, o evento teve o objetivo de trazer cor, força, estima e poder para todas as participantes. “A empresa já demonstra ser consciente da igualdade de direitos. Hoje somos quase metade do quadro de colaboradores. O grupo gestor da empresa é composto por mais mulheres que homens, e também existem mulheres que trabalham no setor de produção.”

Aberto a todos os colaboradores da empresa, o evento contou com a interação da plateia, que respondeu às questões da palestrante e apresentou sua visão sobre os pontos debatidos.

Sheila Aparecida do Amaral, coordenadora do departamento de RH, pontua que a data é importante para refletir sobre a história da mulher. “Esse tipo de evento nos ajuda a observar como estamos levando nossa vida pessoal, profissional, e como estamos conciliando todas as tarefas. ” Para ela, as mulheres, mesmo com todas as dificuldades, conseguem se adaptar, sendo verdadeiras guerreiras.

Durante o evento, as participantes receberam, como lembrança, um esmalte e um cartão com a seguinte mensagem:

“A mulher empoderada é aquela que se permite conceder o poder e o controle de sua vida, além dos paradigmas e preconceitos sociais. O empoderamento feminino concede às mulheres sua participação dentro da sociedade como iguais, podendo exercer qualquer tipo de atividade, com os mesmos direitos garantidos.”

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Mariana Bastos, em Jornal Santuário

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.