Por Da redação Em Notícias

30 Anos bendizendo a Mãe de Deus!

Foram anos em oração à espera do tempo certo. Desde 1967, posteriormente ao Concílio Vaticano II, cogitou-se em criar no Santuário Nacional um centro de pesquisas na área da Mariologia no Brasil. Foram sete anos de espera, “a Academia, qual pequena semente, germinou pela benção de Deus...” Coube aos idealizadores aguardar o momento de a semente germinar e permanecerem na esperança. Comportaram-se tal qual Eliseu, que sobe várias vezes ao monte onde devia obter uma resposta. Aguardando a hora de Deus, os criadores da Academia permaneceram firmes na fé. Por mercê de Deus o decreto de criação da Academia foi lavrado, aos 16 de julho de 1985, ocasião do XI Congresso Eucarístico Nacional, realizado na cidade de Aparecida.

Seu decreto de criação é bastante óbvio quanto a sua missão:

Foto de: Eduardo Gois / JS

Pe. Valdivino Guimarães - Foto Eduardo Gois Arquivo JS.jpg

Pe. Valdivino Guimarães, CSsR, é diretor da Academia
Marial de Aparecida

Terá a Academia Marial a seguinte finalidade: Manter, em sua sede própria uma biblioteca mariana e mariológica, como instrumento de pesquisa de aprofundamento mariológico e de simples consultas [...]

Propagar e realizar cursos intensivos de Mariologia ou de outros pontos da doutrina católica, preferivelmente para Aparecida, mas também para outras cidades que se julgar mais indicada.

Manter encontros de espiritualidade mariana para pessoas interessadas no aprofundamento espiritual, teológico e pastoral, sempre sob o enfoque da doutrina marial; tomar outras iniciativas que se detectarem ao verdadeiro bem espiritual do cristão em qualquer classe, condição ou idade.

Lançar publicações como livros, revistas, artigos, reportagens que promovam e auxiliem a obtenção dos objetivos da Academia.

Com essa intenção, a Academia chega aos 30 anos correspondendo à nobre missão de propagar o culto à Virgem Mãe de Deus. Para esta finalidade nobre, muitas pessoas de boa-fé foram se juntando a nós, por primeiro, encabeçaram o grupo de associados o arcebispos metropolitano de Aparecida, dom Geraldo Maria de Morais Penido, o Núncio Apostólico no Brasil, dom Carlo Furno e o Cardeal Sebastião Baggio, Carmelengo da Santa Igreja de Roma. Nestes nossos primeiros associados, rendemos graças a Deus por tantos e tantas que conosco sustentaram e sustentam a missão da Academia Marial de Aparecida.

Nossa sincera gratidão a todos aqueles que, desde a fundação desse centro de estudos, colaboraram por meio de orações, produção acadêmica e financeira. Esses, nunca serão esquecidos por Nossa Senhora, serão chamados de “carvalhos da justiça”, pela missão assumida.

Atualmente, 394 associados fazem parte da Academia Marial de Aparecida. Juntos, em uníssona voz, cantemos louvores a Deus pelas maravilhas feitas em nosso favor e da AMA. Aos pés da Virgem Mãe de Deus, invocada com o título de Aparecida, como um dos responsáveis por este centro, faço uma prece de louvor, de agradecimento e de pedido por você que, contribuiu com a beleza desta caminhada durante estes 30 anos. Saibam que nossa missão não é uma missão qualquer... ela é sublime, é reta, é sobretudo querida por Deus!

Continuemos bendizendo Maria! Bendizê-la é bendizer seu Filho Jesus de quem está próxima sempre.

Por você querido (a) associado (a), minha prece neste tempo!

Pe. Valdivino Guimarães, CSsR, é diretor da Academia Marial de Aparecida

4 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Da redação, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.