Por Deniele Simões Em Notícias

45ª Semana Vocacional tem avaliação positiva

“Muito positiva.” Essa é a avaliação que o diretor do Seminário Redentorista Santo Afonso, padre Anísio Tavares, faz da 45ª edição da Semana Vocacional, realizada entre os dias 17 e 24 de agosto, em Aparecida (SP).

Segundo o missionário, muitos leigos, religiosos, padres e bispos participaram ativamente para que a Semana fosse bem-sucedida. “A Rede Aparecida de Comunicação leva para todo o Brasil e até para o exterior esse tempo de evangelização vocacional, alertando que todos somos vocacionados, chamados para construir um mundo mais justo e fraterno, onde quer que estejamos”, explica.

Foto de: Thamara Gomes / Secretariado Vocacional Redentorista

45a_semana_vocacional_foto_thamara_gomes_secretariado_vocacional_redentorista

Programação da 45ª Semana Vocacional teve missas,
momentos de oração, reflexão e uma programação
especial na Rede Aparecida de Comunicação

Ainda de acordo com padre Anísio, a Semana Vocacional, que sempre é promovida no mês de agosto, dedicado às vocações, acaba unindo todos em oração, a fim de rezar e pedir muitas e santas vocações para a Igreja.

A programação teve missas, momentos de oração, reflexão, além de uma programação especial, tanto na rádio como na TV Aparecida.

A cada dia da semana, uma vocação foi refletida amplamente: Vocação Humana (dia 18), Vocação Cristã (dia 19), Vocação Matrimonial (dia 20), Vocação Sacerdotal (dia 21), Vocação Religiosa (dia 22) e Vocação de Maria e Ministérios (dia 23).

Vocação de liberdade

Na edição deste ano, o tema de trabalho foi Chamados na liberdade para servir, com o lema Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal (cf. Rm 12,10). De acordo com padre Anísio, a ideia foi falar da liberdade em consonância com a Campanha da Fraternidade deste ano, cujo tema é É para a liberdade que Cristo nos libertou (Gl 5,1).

Ao explicar o tema, padre Anísio ressalta que, quando se vive a liberdade enquanto filho ou filha de Deus, é possível dar uma resposta verdadeira ao Senhor, que chama cada um para uma missão específica na Igreja e no mundo.

Segundo o religioso, o lema sobre o amor fraternal reforça a importância da disponibilidade que todos devem ter para servir os irmãos no amor. “É um alerta contra o individualismo e o jogo de interesses que marcam as relações na sociedade de nosso tempo”, acrescenta.

Em Aparecida, a Semana Vocacional é coordenada pelo Secretariado Vocacional Redentorista, em conjunto com a arquidiocese de Aparecida e diversas congregações religiosas, masculinas e femininas.

Como discernir a vocação

Ao explicar sobre cada pessoa deve fazer para discernir a vocação, padre Anísio ressalta que o primeiro passo é buscar aproximar-se de Deus pela oração e pela vivência do Evangelho em comunidade.

“Ao sentir os primeiros sinais da vocação, a pessoa tem de se abrir à ação do Espírito e ir percebendo como Deus vai falando em sua história no quotidiano da vida”, justifica.

Outro aspecto importante é ouvir as pessoas de confiança e que tenham vida de fé e participação na vida familiar e comunitária. Ele alerta que aconselhar-se não significa acatar tudo o que outro diz, mas partilhar experiências em vista de um objetivo.

Ainda de acordo com o formador, é fundamental que a pessoa sinta-se vocacionada, ou seja, chamada por Deus para essa ou aquela missão.

É preciso, também, ser fiel à missão recebida de Deus. Por isso, ele adverte que o discernimento vocacional nunca termina. “O sim à vida matrimonial ou religiosa deve ser renovado a cada dia, diante das realidades que vão surgindo”, conclui.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Deniele Simões, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.