Por Jornal Santuário Em Notícias

53ª Assembleia Geral dos Bispos é aberta oficialmente

 

Foto de: Eduardo Gois/ JS

abertura_ag

Bispos do Brasil estão em Aparecida (SP) para a 
53ª Assembleia Geral 

A conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) iniciou na manhã desta quarta-feira, 15, a 53ª Assembleia Geral dos Bispos (AG).

O encontro anual do episcopado nacional acontecerá em Aparecida (SP), até o dia 24 de abril, no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida.

A programação da 53ª AG será bem ampla e abordará questões de suma importância para a Igreja do Brasil.

Durante a celebração de abertura, o cardeal arcebispo de Aparecida e presidente da CNBB, dom Raymundo Damasceno Assis, deu boas-vindas ao episcopado, aos profissionais de comunicação e aos romeiros vindos de várias localidades do Brasil. Ele citou temas que serão de grande importância. “Recebemos mui fraternalmente, cardeais, bispos, arcebispos, membros da assembleia, o núncio apostólico, romeiros e os profissionais de comunicação, agradecendo o precioso trabalho. Na pauta da assembleia estão temas de suma importância. Nossa atenção se dirigirá prioritariamente a dois temas: aprovação das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no Brasil para o quatriênio 2015-2019 e a vocação e a missão dos cristãos leigos e leigas na sociedade.”

As Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (DGAE) são subsídios para o projeto de planejamento pastoral para as igrejas particulares, arquidioceses, dioceses e ordinariádos e secretariado-geral da CNBB, são diversos outros temas importantes na agenda da assembleia, como, um processo de estudo sobre o dízimo, o sínodo dos bispos, a família na Igreja e sociedade contemporânea e a indicação de um representante da CNBB para Conselho Episcopal da América Latina e Caribe (Celam), entre outros temas.

“Pedimos discernimento diante de cada situação a resolver, pedíamos a todos orações pelo bom êxito da assembleia, para que continuemos evangelizar na força do espirito santo”, disse o arcebispo durante homilia.

Como a Assembleia é eletiva, durante o encontro serão escolhidos os membros da presidência da CNBB, formada pelo presidente, vice-presidente e secretário-geral, bem como os presidentes das 12 Comissões Episcopais Pastorais.

Dom Raymundo Damasceno Assis, informou, que não se trata de um novo texto para as DGAE, mas de uma revisão com vistas à atualização.

As Diretrizes Gerais serão atualizadas com base no discurso do Papa Francisco dirigido aos bispos do Rio de Janeiro e do Celam, na oportunidade da visita ao Brasil, durante a JMJ Rio 2013.

O documento também terá como inspiração a Exortação Apostólica do Papa Francisco, Evangelii Gaudium (Alegria do Evangelho).

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.