Por Jornal Santuário Em Notícias

Amigos fazem WebSérie real para mostrar superação de jovem obeso

vai felipão

De Curitiba (PR) para a internet, da internet para o mundo, com 1,81 m e 151 kg, o administrador Felipe Bulek, sabia que precisava emagrecer – não apenas por questões estéticas, mas, sobretudo, por motivos de saúde. O jovem já havia tentado diversas dietas, mas desistia delas em pouco tempo. O grande incentivo de que precisava veio de um amigo, o empresário Diogo dos Reis Ruiz. “O Felipe é uma pessoa que prezo muito. Sabia que ele havia chegado ao seu limite. Sofria com riscos de enfarto, AVC, diabetes e só tinha 22 anos. Conversei com ele, mostrei como era importante que ele perdesse peso e me comprometi a ajudá-lo, estando ao seu lado em todas as etapas”, conta.

Juntos, estabeleceram uma meta: perder 52 kg até o carnaval de 2014. Contudo, Diogo percebeu que a batalha não seria fácil. Por isso, recrutou amigos em sua rede de contatos para formar um verdadeiro exército, que contou com personal trainer, nutricionista e um médico que acompanharam Felipe durante sua jornada.

Mas foi o incentivo da família e dos amigos que mais ajudaram Felipe. “Minha avó mudou todo o cardápio das nossas refeições para me incentivar. E, com chuva ou com sol, o Diogo estava presente durante os meus exercícios físicos. E quando realmente não dava para ele estar junto, tinha sempre um amigo disposto a se exercitar. O envolvimento de todas essas pessoas foi fundamental nesse processo. Sabia que tinha que fazer isso por mim, mas com certeza eles me ajudaram a não desanimar”, destaca o administrador.

As dificuldades da vida de gordinho

Embora confesse não ter sofrido grandes traumas com a obesidade, Felipe Bulek sabe bem os problemas físicos e emocionais que vieram com o peso extra. Ele conta que era difícil não conseguir participar das atividades esportivas com os amigos, mas era a saúde que o preocupava. Antes mesmo de chegar aos 25 anos, Felipe já sofria de pressão alta e gordura no fígado, sintomas que o fizeram iniciar tratamentos com medicações. “Claro que queria um corpo mais legal, mas o que desejava mesmo era ter saúde. Quando se tem problemas com o peso, você sempre ouve que terá consequências ruins no futuro. Mas o futuro já tinha chegado para mim, estava no limite. Precisava mudar”, admite. 

A série #VAIFELIPÃO

Produzida pela Asteroide Filmes, a série #VaiFelipão estreou em outubro do ano passado e foi sucesso nas redes sociais com seus episódios quinzenais. Surgiu com o intuito de inspirar as pessoas a perderem peso de uma maneira saudável. Além disso, com o objetivo de fazer com que familiares e amigos percebam que têm participação fundamental em qualquer processo de mudança de vida. O episódio final foi esperado por milhares de seguidores do projeto. “Ele é emocionante e real, e tem a intenção de mostrar para as pessoas que tudo é possível”, explica Diogo, que é parte da equipe da Asteroide Filmes.

Arquivo Pessoal

vai felipão2

Como era e como ficou Felipão

Diogo conta que propôs a Felipe emagrecer, depois sugeriu levar isso a público em uma página no Facebook para que as pessoas pudessem acompanhar, e quinzenalmente lançaria-se um vídeo contando como estaria indo o processo. “Na minha opinião ele estava determinado a emagrecer, tornar-se público gerou mais responsabilidade e motivação para alcançar o resultado”, explica Diogo.

Segundo o empresário e idealizador do projeto, criar a Websérie, com certeza, foi um canal que replicou uma história inspiradora e serve para as pessoas notarem que tudo é possível. “Ele era obeso mórbido e em seis meses mudou a vida dele para sempre. Algo como: ‘Se ele conseguiu, o que era impossível, porque eu também não vou conseguir’. Com certeza fez as pessoas repensarem o fato de que com um objetivo e vontade se alcança os sonhos. Creio que deixou as pessoas mais humanizadas.”

A história de Felipe teve repercussão na imprensa local do Paraná. “A afiliada Rede Globo (RPC), passou durante o jornal do almoço takes do episódio final, e fomos entrevistados ao vivo. Era a 3ª reportagem nossa por lá. Mesma coisa com a RIC (Record) que fez mais de 10 matérias sobre o projeto. Além das Rádios CBN, BandNews e Transamérica.”

Após tanto sucesso a produtora pensa em continuar com mais projetos dessa natureza. “Enxergamos a iniciativa como um projeto social, entramos com equipe e equipamentos para contar uma história que inspire pessoas a mudar de vida”, conta Diogo.

Curta a página do Facebook em www.facebook.com/vaifelipao

Assista a um dos vídeos de superação sobre o Felipe:

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.