Por André Somensari Em Notícias Atualizada em 31 JAN 2018 - 09H40

Ano Eleitoral: “Eu sou o Brasil Ético" vem em momento oportuno


Marília Ribeiro/ Portal A12.com
Marília Ribeiro/ Portal A12.com
Coletiva de imprensa - "Eu sou o Brasil Ético"

Lançada, no dia 2 de janeiro, em coletiva de imprensa realizada pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, e pelo reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida, a CampanhaEu sou o Brasil Ético”, que tem o objetivo de convocar os cristãos a fazer uma profunda reflexão sobre os valores que devem reger suas ações, visando à construção de um país diferente neste ano de eleições para presidente da república, governadores, senadores, deputados estaduais e federais.

Por meio da Rede Aparecida de Comunicação e, em todas as frentes de atuação, o projeto pretende levar uma mensagem de otimismo e de protagonismo aos cidadãos de todos os cantos do país. “Queremos estimular os brasileiros a pensarem mais criticamente nas ações que praticam, enquanto cidadãos, e nas escolhas que farão este ano, a partir de valores éticos que devem nortear a vida de uma nação. Trata-se de uma campanha de conscientização, que busca resgatar a ética e os verdadeiros valores do brasileiro, trazendo o espírito patriótico para o seu dia -a- dia. Para isso, vamos usar todas as nossas forças de comunicação. É uma campanha apartidária com o objetivo de resgate dos valores por muitos já esquecido, em busca de uma verdadeira transformação. Queremos uma nação ética!”, ressalta o reitor do Santuário Nacional, padre João Batista Almeida.

"Não estamos aqui fazendo qualquer propaganda de política partidária. Nós estamos aqui em nome da nossa fé, que se manifesta no amor, e a política, como nossos papas sempre disseram, é uma alta forma de amor", disse o arcebispo de Aparecida (SP).

“Eu sou o Brasil Ético” traz para o cristão a responsabilidade de ser bom cidadão, pois não se separa a fé da vida. É o próprio Jesus Cristo quem dá o exemplo de que é obrigação do cristão incluir a todos, e ser responsável por aquilo que é de todos. “Eu sou o Brasil Ético” deseja provocar nos fiéis mudança de atitudes no dia -a- dia, como as pequenas corrupções e o famoso "jeitinho brasileiro".

Os religiosos devem instruir também os fiéis a não votar em candidatos com ficha suja e procurar aqueles que estão mais de acordo com os princípios do Evangelho e da Igreja. "Isso não quer dizer que queremos criar uma bancada católica ou instruir o voto de cabresto. Muito pelo contrário, desejamos que os fiéis entrem no mundo da política para fazerem a diferença, vivendo segundo os valores de Jesus. Os padres, bispos, religiosos e religiosas são proibidos de disputar e exercer cargos públicos, mas o leigo não. Então, queremos fomentar neles o desejo de ocupar estes espaços", comentou o arcebispo.

O projeto é encabeçado pelo Santuário Nacional, e a pela Arquidiocese de Aparecida e baseia-se nos pronunciamentos dos papas e da Igreja. Entre os documentos utilizados como base nas reflexões, estão a Doutrina Social e as encíclicas que convocam os cristãos a se posicionarem diante da sociedade. O Santuário está preparando uma série de ações de conduta que fortaleçam a iniciativa: das palavras dos religiosos no Altar do Santuário, às mensagens veiculadas na Rede Aparecida de Comunicação.

O cristão é chamado a ser um cidadão protagonista


Segundo padre João Batista Almeida, a principal inspiração vem do papa Francisco, que, ao longo de seu pontificado, vem convocando os cristãos a exercerem seu papel de cidadão, como protagonistas contra toda e qualquer forma de corrupção.

"É do pontífice a fala: 'A corrupção é o pecado que, em vez de ser reconhecido como tal e de nos tornar humildes, é transformado em sistema, torna-se um hábito mental, um modo de viver. O corrupto não conhece a humildade, não se sente necessitado de ajuda, leva uma vida dupla'. Nesse sentido, o Santuário Nacional de Aparecida e os devotos da Mãe Aparecida farão uma grande caminhada em 2018. Temos certeza de que nossa mensagem vai ecoar", explica.

E complementa: "Precisamos começar a mudar alguns estereótipos que, infelizmente, foram incorporados a nossa cultura e atribuídos ao nosso povo ao longo do tempo. Será que realmente o brasileiro é o cidadão que '"adora levar vantagem em tudo"', que valoriza a '"malandragem"', que acredita que o bom político é aquele que "'rouba, mas faz"'? Cremos que apenas com a atitude e o exemplo de cada um, mostrando suas virtudes e reais valores cristãos no dia- a -dia, seremos capazes de, verdadeiramente, mudar nosso país".

Sobre as ações práticas, às quais os fiéis serão incentivados, o reitor enfatiza que o verdadeiro cristão aproveita todos os momentos para atuar em sintonia com a palavra de Deus "Seja na fila do banco, dentro do ônibus, no caixa do mercado;. Seja na missão de pai, mãe, filho ou irmão, o cristão buscar sempre dar ao outro o melhor de si, como Jesus ensinou e o fez"', termina.

Pelas lentes da fé: em sintonia com o anseio dos brasileiros

Há 300 anos a pequenina imagem de Nossa Senhora Aparecida foi “pescada” nas águas do rio Paraíba do Sul por três humildes pescadores. Naquela época, assim como nos dias atuais, o povo sofria com injustiças sociais. A imagem foi encontrada fragmentada, quebrada e trouxe uma mensagem de “reconstrução”. Cabeça e corpo foram colados pelas mãos do povo, e os milagres começaram a acontecer: a pesca em abundância foi o primeiro grande sinal.

“Acreditamos que essa mensagem deve ser trazida para nossos dias. Inspirados pela Mãe Aparecida, podemos afirmar que o Brasil está fragmentado, quebrado e precisa de reconstrução. Nossa Rainha e Padroeira nos inspira a falar diretamente com os filhos e filhas dessa nação e pede que, da mesma forma que há 300 anos foi fonte de libertação, também agora sejamos protagonistas de uma nova história a ser contada, por meio do resgate dos valores tão necessários que tocam a vida de cada cidadão”, afirma padre João Batista, conforme cita trecho da cartilha do projeto, divulgada pelo Santuário.

Cada cristão é convidado a refletir com o Santuário Nacional, inspirados pela palavra do Altar, em uma caminhada: do Brasil que temos ao Brasil que queremos.


Notice (8): Undefined variable: comment_options [APP/Template/ContentArchives/detail.ctp, line 57]
Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por André Somensari , em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.