Por Jornal Santuário Em Notícias

Aplicativos podem dispensar material escolar convencional e atrair alunos

Arquivo Pessoal

aplicativos escolares

João Gabriel: “Aconselho que os estudantes a pensarem grande e que tenham a consciência e visão de que projetos podem ser utilizados por qualquer pessoa no planeta. Portanto, que desenvolvam coisas notáveis e façam a diferença positiva na vida das pessoas. Muita coisa ainda precisa ser desenvolvida, portanto sou um entusiasta dos jovens, pois, acredito que já nascemos com o mundo na ponta dos dedos e, provavelmente, será o modo pelo qual nossos filhos estarão conectados no mundo. Podemos desenvolver qualquer coisa que nos propusermos a fazer, só é preciso decisão, acreditar 120% e dar o seu melhor”

 

Já imaginou um mundo sem mochilas pesadas, carregadas de livros didáticos e apostilas? Ir à escola com cada vez menos material vai ser uma realidade. Em pouco tempo, pode ser que apenas um tablet resolva todas as necessidades didáticas dos alunos. É literalmente o saber na palma da mão. Para muitos isso já é uma realidade.

Um estudante de administração, de 18 anos, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), chegou a ser finalista do prêmio Jovens Inspiradores, por criar um aplicativo inovador para a área de educação. João Gabriel Alkmim, foi o mais jovem a concorrer ao prêmio com o aplicativo ECCOlógica, desenvolvido pela empresa Ética Soluções, de Uberlândia, Minas Gerais, local onde trabalha. Ele concorreu com 16.737 universitários e profissionais de todo o país.

O aplicativo ECCOlógica, funciona para tablets Android e traz soluções para os alunos e para as escolas. Os alunos não precisarão mais carregar as tais mochilas pesadas, já que todos os materiais estarão reunidos dentro do app ECCOlógica. Por sua vez, os professores conseguirão deixar as aulas mais dinâmicas e interativas, aumentando o interesse e participação dos alunos. “A ideia surgiu quando eu tinha 15 anos e percebi que a tecnologia avançava muito mais na área do entretenimento do que na área de educação. Em 10 anos, passamos de telefones grandes e sem funcionalidades para aparelhos que funcionam como computadores dentro do seu bolso. Na educação foi diferente. É nítido que essa área teve poucos avanços práticos e tem ficado para trás. O ECCOlógica vem para transformar o tablet em uma ferramenta de educação, agregando diversos recursos aos professores, que poderão dar aulas mais dinâmicas, experienciais e atrativas para os alunos”, detalha o jovem.

Para ele, o fato de a tecnologia invadir cada vez mais a vida dos jovens, torna as aulas cada vez menos atrativas para os alunos, que ficam muito dispersos. “Crianças e jovens buscam conteúdos interativos, que favoreçam a comunicação e despertem a sua imaginação e curiosidade. Percebi então a necessidade da atualização tecnológica na educação que pudesse agregar mais conteúdo e experiência para o aluno conseguir fixar melhor o conteúdo aprendido”, contextualiza.

João Gabriel ressalta o fato de os alunos não precisarem mais utilizar mochilas, livros, cadernos, realizar provas no papel e nem tarefas de casa. Tudo fica no ECCOlógica. “Nós trouxemos todo o material escolar para o tablet. Os professores também passam a utilizar tablets e a se conectar com os alunos virtualmente, possibilitando o compartilhamento de conteúdo e utilização de recursos audiovisuais para trazer experiências de maior valor ao aluno.”

O estudante afirma que se dedicou a criação do aplicativo, porque busca quebrar paradigmas da sociedade. Ele acredita que a tecnologia vai proporcionar muitas revoluções daqui para frente, assim como proporcionou no passado. “A diferença é que essas revoluções irão acontecer cada vez mais rápido. Sempre tento desafios que propõem soluções diferentes para processos que já estão enferrujados”, pontua.

Ao mesmo tempo, algumas instituições da área da educação já saíram na frente. O Centro Universitário Newton Paiva, localizado em Belo Horizonte (MG) adquiriu um aplicativo semelhante para facilitar dia a dia de alunos e professores: O VMobile Educacional, leva informações acadêmicas a smartphones e tablets de forma ágil e simples.

O aplicativo, disponível para as plataformas Android e iOS, permite o acesso às mais diversas informações e serviços oferecidos pela instituição. Informações como, notas, faltas, boletos e documentos referentes à situação acadêmica dos alunos poderão ser acessadas a partir do primeiro semestre deste ano, logo após à volta às aulas no mês que vem.

“A era da informação exige um trato diferenciado tanto para os alunos quanto para os professores, no sentido de simplificar e agilizar o acesso às informações e serviços de que necessitam no seu dia a dia, dentro e fora da escola”, afirma o CEO da Verga Sistemas – empresa criadora do aplicativo –, William Valadão.

Segundo Valadão, não se pode negar que esses dispositivos estão cada vez mais presentes na vida das pessoas e também nas salas de aula. “Ao invés de coibir o uso dos dispositivos móveis, as instituições devem incorporá-los como recursos que já têm uma forte ligação com a rotina dos estudantes, evitando, assim, um distanciamento entre os dois mundos”, opina.

Para ele os usuários buscam usabilidade, facilidade no seu dia a dia. “Ao contrário do que muitos acreditam, essa não é uma tendência do futuro, ela já é do presente. As empresas que não oferecerem esse tipo de produto agora perderão uma grande oportunidade de se diferenciar das demais. Isso se tornará uma regra e uma necessidade e não mais uma diferenciação.”

Baixe os aplicativos

aplicativos escolares 2

Uma versão gratuita do aplicativo, ECCOlógica está disponível em três línguas (português, inglês e espanhol) na Google Play, loja de aplicativos para tablet’s com o sistema operacional Android do Google. A versão gratuita é voltada para estudantes que buscam na tecnologia ferramentas que favoreçam o seu aprendizado. E podem encontrar isso no ECCOlógica, um aplicativo fácil de utilizar, totalmente interativo, o qual permite concentrar dentro dele todo o conteúdo das aulas, bem como realizar as tarefas escolares e trocar informações com seus colegas de sala. Permite ainda compartilhar outros conteúdos pertinentes ao aprendizado com os seus colegas, proporcionando uma experiência mais rica e interativa. A versão Premium será disponibilizada futuramente para instituições de educação utilizarem na modalidade paga do aplicativo. Acesse: play.google.com e busque pelo nome do aplicativo.

 aplicativos escolares 3

O Vmobile Educacional também está disponível no Google play e no iTunes. Acesse uma das duas plataformas pelo seu dispositivo móvel e busque pelo nome.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.