Por Da redação Em Notícias

Campanha da Fraternidade fará reflexão sobre Igreja e Sociedade

cartaz campanha da fraternidade 2015Fraternidade: Igreja e Sociedade – Eu vim para servir (Mc 10,45). Esses são o tema e o lema daCampanha da Fraternidade (CF) 2015. Realizada todos os anos, de maneira mais intensa, durante o período da Quaresma, a campanha buscará recordar a vocação e a missão de todos os cristãos e das comunidades de fé, a partir do diálogo e da colaboração entre Igreja e Sociedade, propostos pelo Concílio Ecumênico Vaticano II.

O lançamento oficial da CF 2015 será no próximo dia 18 de fevereiro, às 10h30, na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília.

Desde dezembro, o texto-base, que será utilizado para auxiliar nas atividades da CF 2015, está disponível no site das Edições CNBB. O documento reflete a dimensão da vida em sociedade, que se baseia na convivência coletiva, com leis e normas de conduta, organizada por critérios e, principalmente, com entidades que cuidam do bem-estar daqueles que convivem.

Na apresentação do texto, o bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, explica que a Campanha da Fraternidade 2015 convida a refletir, meditar e rezar a relação entre Igreja e sociedade. “Será uma oportunidade de retomarmos os ensinamentos do Concílio Vaticano II. Ensinamentos que nos levam a ser uma Igreja atuante, participativa, consoladora, misericordiosa, samaritana. Sabemos que todas as pessoas que formam a sociedade são filhos e filhas de Deus. Por isso, os cristãos trabalham para que as estruturas, as normas e a organização da sociedade estejam a serviço de todos”, comenta.

Proposta do subsídio

O texto-base está organizado em quatro partes. No primeiro capítulo, são apresentadas reflexões sobre os seguintes temas: Histórico das relações Igreja e Sociedade no Brasil, A sociedade brasileira atual e seus desafios, O serviço da Igreja à sociedade brasileira e Igreja – Sociedade: convergência e divergências.

Na segunda parte, o documento aprofunda a relação entre Igreja e sociedade à luz da Palavra de Deus, à luz do magistério da Igreja e à luz da doutrina social.

Já no terceiro capítulo, o texto propõe um debate sobre a visão social a partir do serviço, do diálogo e da cooperação entre Igreja e sociedade. O subsídio também convida a refletir sobre os temas Dignidade humana, bem comum e justiça social e O serviço da Igreja à sociedade. Nesse capítulo, o texto aponta sugestões pastorais para a vivência da Campanha da Fraternidade nas dioceses, paróquias e comunidades.

O último capítulo do texto-base apresenta os resultados da CF 2014, que teve como tema Fraternidade e Tráfico Humano, e como lema, É para a liberdade que Cristo nos libertou (Gl 5,1). O subsídio analisa os projetos atendidos por região, a prestação de contas do Fundo Nacional de Solidariedade de 2013 (FNS) e as contribuições enviadas pelas dioceses. O documento traz ainda um histórico das últimas Campanhas da Fraternidade e temas discutidos nos anos anteriores.

 

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Da redação, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.