Por Da redação Em Notícias

Cáritas lança projeto de espiritualidade e promoção da paz

No último dia 13 de novembro, a Cáritas Brasileira lançou o projeto 10 Milhões de Estrelas, iniciativa de reflexão e espiritualidade que visa concretizar a promoção da paz e o compromisso com os mais pobres. O projeto foi lançado na sede da entidade, em Brasília (DF), num momento de celebração e reflexão. O evento também marcou a comemoração dos 58 anos de atuação da organização junto a comunidades empobrecidas em todo o país.

Foto de: Cáritas Brasileira

Cáritas - Cáritas Brasileira

Este ano, o evento retomou o tema da Campanha
Mundial contra a Fome: Uma Família Humana: pão 
e justiça para todas as pessoas

Sobre o nome do projeto, os organizadores explicam que as estrelas sempre estiveram presentes na espiritualidade dos povos e igrejas inspirados na tradição bíblica. “A espiritualidade que provém da mística das estrelas revela-se na ternura e no cuidado de Deus para com a natureza e a humanidade”, diz o texto de lançamento.

Nesse contexto, a Cáritas Brasileira lançou uma ação permanente, a ser realizada todos os anos na perspectiva da espiritualidade, da promoção da paz e da justiça social. Este ano, o tema de reflexão é o mesmo da Campanha Mundial contra a Fome: Uma Família Humana: pão e justiça para todas as pessoas. “Espera-se que o Projeto 10 Milhões de Estrelas adote um processo pedagógico para pautar questões que atentam contra a vida e a dignidade das pessoas, mas que também provoque a solidariedade, formando uma verdadeira constelação humana pela Paz e contra a fome e a pobreza extrema”, diz o documento.

Como gesto visível de adesão ao projeto, a Cáritas convida a todos a acenderem velas na noite de Natal, nas casas, praças, ruas, comunidade, nas praias, na cidade e no campo. Segundo os organizadores, será um gesto concreto de solidariedade, uma prática de sensibilização da sociedade e de todas as pessoas como uma só família humana. “Quanto mais numerosas forem as estrelas, mais iluminarão”, afirma. A cada ano essa ação deverá ser repetida coletivamente, pedindo paz e unidade.

“Seremos milhões de estrelas, milhões de vozes, milhões de pessoas acendendo a luz da solidariedade. Formaremos uma constelação solidária por e para todas as pessoas que estão fora da mesa por não terem pão em quantidade e qualidade para si e sua família e nem justiça para garantir seus direitos”, conclui o documento.

Semana da Solidariedade

O lançamento do projeto aconteceu dentro da programação da Semana da Solidariedade, realizada entre os dias 7 e 14 de novembro com ações em várias cidades brasileiras. O objetivo foi fortalecer diferentes iniciativas de solidariedade pelo país.

Em Brasília (DF), aconteceu a Feira da Solidariedade, realizada todos os anos pela Cáritas Brasileira, em parceria com Arquidiocese de Brasília, Instituto Marista de Solidariedade, Movimento de Mulheres Camponesas, Movimento dos Pequenos Agricultores e Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil (Feab). Na feira, grupos que desenvolvem práticas de Economia Solidária expuseram seus produtos na sede do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic). O evento contou com a presença de vinte expositores. Entre eles, redes de economia solidária, que unem grupos urbanos e rurais de trabalho comunitário, como associações e cooperativas.

Para saber como participar, acesse: caritas.org.br

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Da redação, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.