Por Jornal Santuário Em Notícias

Centro preserva memória dos fatos ocorridos em Aparecida

Desde o encontro daquela singela Imagem com a cabeça desprendida do corpo até os dias atuais, são muitos os fatos que circundam os 300 anos de história de Aparecida. Para que essa história se perpetue pelas gerações, o Centro de Documentação e Memória do Santuário Nacional de Aparecida (CDM) exerce um papel muito importante, zelando por essa memória de devoção.

O acervo conta com aproximadamente 20 mil imagens, entre fotografias, slides e negativos (acetatos e vidro). São 5 mil documentos textuais, desde os primeiros Missionários Redentoristas em Aparecida, em 1894, até os dias de hoje. “O CDM tem como objetivo preservar a história do Santuário Nacional, a memória e a história da devoção a Nossa Senhora Aparecida”, explica a coordenadora de arquivo, Dorothea Barbosa

Foto de: Allan Ribeiro/JS

CDM - JS

Todo o material coletado e doado é higienizado, catalogado e acondicionado de tal forma que seja
preservado por muitos e muitos anos

 

Todo o material coletado e doado é higienizado, catalogado e acondicionado de tal forma que seja preservado por muitos e muitos anos. Além disso, o CDM atende a pesquisadores, realiza a digitalização do acervo, o controle ambiental das salas e a telecinagem – transferência de conteúdo de fitas VHS para DVD. Esses importantes documentos históricos ficam acondicionados com toda a estrutura adequada a sua preservação em sala climatizada.

As principais divisões do acervo são: Editora Santuário, município de Aparecida (SP), Matriz Paróquia, Redentoristas, Rádio e TV Aparecida e Santuário Nacional.

O acervo conta com importantes documentos, como o da elevação do Santuário a basílica menor, o de celebração do Bicentenário do Encontro da Imagem, a primeira edição do Almanaque Ecos Marianos e do Jornal Santuário de Aparecida. Também compõem o acervo os projetos arquitetônicos da construção do Santuário Nacional e das obras já finalizadas do artista plástico Cláudio Pastro.

As fotografias contemplam desde as imagens das primeiras romarias na Matriz Basílica, a construção da Basílica, padre Vítor Coelho, até os dias atuais, como a visita dos três Papas, a celebração da Festa da Padroeira de cada ano, entre outras. Todas as missas televisionadas também são salvas e arquivadas no CDM. 

300 anos, 300 fotos

Nesse momento de preparação para o Jubileu do Tricentenário, o CDM abre o acervo de fotos e imagens históricas que contam a trajetória da Imagem milagrosa da Padroeira do Brasil, desde seu encontro, nas águas do Rio Paraíba do Sul, até os dias atuais.

De 2015 a 2017, o Portal A12 está, duas fotos/imagens por semana, relatando os principais acontecimentos e milagres relacionados a Nossa Senhora Aparecida. Serão, ao todo, trezentas fotos, uma para cada ano de bênçãos vividos sob a proteção da Mãe.

:: Veja a galeria dos 300 anos 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário , em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.