Por Deniele Simões Em Notícias

Cerco de Jericó deve atrair 40 mil fiéis em Taubaté (SP)

Teve início nesta segunda-feira, dia 13 de julho, em Taubaté (SP), a 7ª edição do Cerco de Jericó, na Paróquia São Sebastião, no bairro Parque Ipanema. Neste ano a celebração, que está se consagrando como uma das mais importantes na região do Vale do Paraíba, tem como tema "A Vitória é Nossa!".

Foto de: Deniele Simões / JS

Cerco de Jericó - Deniele Simões JS

Sétima edição do evento começou nesta segunda-feira, 13, na Paróquia São Sebastião

 

 

O Cerco de Jericó deverá reunir entre 35 e 40 mil pessoas até o próximo domingo, dia 19, durante a programação, que inclui celebação de missas, pregações, momentos de louvor e adoração, procissão e bênção do Santíssimo Sacramento. Todos os momentos são celebrados pelo padre Rodrigo Natal, organizador do evento e pároco local.

Durante os dias de celebração estarão presentes várias personalidades do mundo católico, como os cantores Aline Brasil, Fátima Souza, Flávinho e o grupo vocal Canthares, destaque no Troféu Louvemos o Senhor deste ano. 

A expectativa da organização é que no dia do encerramento, no domingo, as atividades, que terão início às 17 horas, contem com a presença de pelo menos 8.000 fiéis. "Nas sete noites, vamos orar, pedindo que Deus derrube as 'muralhas' que nos impedem de termos uma vida mais santa e feliz. São momentos lindos de fé e devoção", explica padre Rodrigo. 

O que é o Cerco de Jericó?

O Cerco de Jericó é uma celebração inspirada no capítulo 6 do livro de Josué. O texto sagrado conta que, antes de chegar à terra prometida, o povo de Israel viu-se diante das grandes muralhas de Jericó. Essas muralhas impediam as pessoas de prosseguir a caminhada. 

Obedecendo à voz de Deus, Josué, sucessor de Moisés e líder do povo, convidou os Israelitas a orarem durante sete dias e sete noites rodeando as muralhas de Jericó, tendo a frente a Arca da Aliança, sinal da presença de Deus que caminha com seu povo.

Um dos momentos que marcam a celebração são as procissões, também conhecidas como voltas, que acontecem com a Arca da Aliança, como narra o Antigo Testamento. 

Serviço

O evento é gratuito e conta com praça de alimentação no local. De segunda a sábado, as celebrações começam às 19h30. No domingo as atividades começam a partir das 17 horas. O padre Rodrigo Natal estará na paróquia diariamente a partir das 18h30. 

 

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Deniele Simões, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.