Por Jornal Santuário Em Notícias

Dia do Sertanejo é comemorado pela 51ª vez pela Rádio Aparecida

O homem do campo comemora um dia especial todos os anos, que é o Dia do Sertanejo. Celebrado há 51 anos no terceiro dia de maio, a data quer valorizar com muita festa e animação a vida de uma imensa quantidade de brasileiros.

 

O Dia do Sertanejo é um dia especial celebrado pela Rádio Aparecida com uma programação voltada ao público sertanejo.

Foto de: Eduardo Gois / JS

Dia do Sertanejo - Eduardo Gois JS

51º Dia do Sertanejo realiza-se na Rádio Aparecida

Todos os anos, no auditório padre Orlando Gambi, da Rede Aparecida, um grande show das 15h às 19h é realizado com a presença de diversas duplas e cantores sertanejos. Essa comemoração foi criada pela Rádio Aparecida juntamente com Geraldo Meireles, considerado o Marechal da Música Sertaneja. “A ideia de celebrar esse dia veio da observação que muitos sertanejos vinham a Aparecida nesta data e faziam suas rodas de viola em agradecimento pela vida e cultura do homem simples do sertão”, relembra o diretor-geral da rádio Aparecida, missionário redentorista padre William Betonio C.S.s.R.

Inteiramente lotado, o auditório celebrou a data com pura euforia, por lá passaram grandes nomes da música sertaneja, como, por exemplo, as Irmãs Galvão, que fizeram parte da idealização do projeto há mais de 50 anos, também pode-se contar com a presença do grupo Barra da Saia, as duplas, Muniz Teixeira e Joãozinho, Otávio Augusto e Gabriel, Edivan e Gisele, Flávio de Paula e Isaías, Dany e Diego, Mogiano e Mogianinho, o cantor e apresentador da TV Aparecida, Kleber Oliveira, Cacique e Pajé, Suzamar, Zé Augusto e Gilson Soares, Mariano, padre Rubens, Campo Grande e Corumbá, As Marcianas, Talis e Welinton e a banda 8 Segundos.

A animação do evento ficou por conta do radialista e cantor Praianinho que há muitas décadas faz parte do time da Rádio Aparecida. Ele é o locutor oficial do Dia do sertanejo.

Praianinho apresenta diariamente o programa Cantinho Sertanejo às 16h e aos domingos o Varandas e Quintais, também às 16h.

Foto de: Eduardo Gois / JS

Pe. William Betônio - Eduardo Gois  JS

Padre William Betônio: "a Rádio
Aparecida é uma das poucas
emissoras brasileiras que mantém
o sistema de transmissão por
ondas curtas. Essas ondas são as
que viajam o Brasil inteiro e chegam
aos rincões desse grande país"

Para o locutor, participar do Dia do Sertanejo é “inexplicável”. Ele afirma que a cada ano é uma emoção renovada. 

Mas por que é importante comemorar o dia do sertanejo? Na avaliação de padre William, essa é a cultura raiz do povo brasileiro. “A vida simples do campo e a cultura sertaneja merecem um reconhecimento digno, pois é a vida e a realidade de muitas pessoas do nosso Brasil. Por isso, é importante um dia especial de celebração à vida e a cultura do homem do campo.”

Um reconhecimento que iniciou as comemorações com a Consagração à Nossa Senhora Aparecida, conduzida pelas bonitas palavras de padre William Betonio, que deram novo ânimo e incentivo a vida do povo sertanejo, além de uma merecida homenagem aos falecidos cantores José Rico, da dupla Milionário e José Rico e a memorável rainha da música sertaneja raiz, Inezita Barroso.

Cantores que participaram do evento aproveitaram o momento para fazer homenagens.

Mariangela Zan, que é filha de Mário Zan, cantou Marvada Pinga, lembrando Inezita que também foi grande parceira do pai da cantora.

A dupla Moacyr e Sandra também homenagearam Inezita, cantando Guacyra e contaram como a cantora foi importante para a carreira da dupla.

No evento também não poderia faltar a presença de Tatá, que é muito querida dos ouvintes da Rádio Aparecida.

Rádio Aparecida tem relação especial com povo sertanejo

Foto de: Eduardo Gois / JS

Beneditina Soares - Eduardo Gois JS

Benedita Rosa da Conceição Soares,
tem 66 anos e mora em Aparecida
(SP), faz questão de anualmente
prestigiar o Dia do Sertanejo

Não é à toa toda a animação do público durante o Evento, é nítida no olhar a satisfação de ter o seu valor reconhecido. Várias pessoas especialmente da região rural de todo o Vale do Paraíba no interior de São Paulo e do Estado de Minas Gerais fazem questão de vir todos os anos. As roupas coloridas, o chapéu tipo cowboy, a fivela grande no cinto unidos as palmas e o sorriso no rosto fazem da festa um momento único para o sertanejo.

Segundo padre William, a Rádio Aparecida é uma das poucas emissoras brasileiras que mantêm o sistema de transmissão de rádio por ondas curtas. Essas ondas são as que viajam o Brasil inteiro e chegam aos rincões desse grande país. “Sabemos que uma grande parte de nossa audiência se dá por milhares de rádios de ondas curtas espalhados por todo o Brasil, em seus currais, roças e comunidades sertanejas. Por isso, temos vários programas sertanejos em nossa grade de programação e também uma linguagem acessível aos nossos ouvintes”, explica.

Dia do sertanejo é oportunidade de ajudar o próximo

Quem participou das comemorações do Dia do Sertanejo também teve a oportunidade de ajudar entidades carentes com a doação de alimentos não perecíveis.

Um pouco mais da história

Desde 1964, caravanas e mais caravanas partiam de várias localidades do país para, em Aparecida, participarem das celebrações, isso pelo menos uma vez durante um ano.

Geraldo Meireles, junto com Tonico e Tinoco, irmãs Galvão e outros artistas do sertanejo raiz, idealizaram um dia em especial para os cantores sertanejos. Os primeiros encontros aconteceram no antigo Cine Aparecida, ao lado da Matriz Basílica, anos depois passou a acontecer no subsolo do Santuário Nacional e nos últimos anos, passou a acontecer no auditório da Rede Aparecida. O dia 3 de maio ficou oficialmente conhecido como o Dia do Sertanejo pela fé e perseverança dos violeiros que todos os anos vinham até Aparecida para agradecer a Nossa Senhora.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.