Por Jornal Santuário Em Notícias

Diocese de Coari será instalada em março

O ano de 2013 foi muito especial para os religiosos e a comunidade da prelazia de Coari, no Amazonas.

Em plena comemoração de 50 anos da prelazia, o Papa Francisco promulgou o ato de instalação da diocese, em outubro do ano passado, com cerimônia oficial prevista para o próximo dia 16 de março.

Foto de: Prelazia de Coari

sant_ana_foto_prelazia_de_coari

Passagem da imagem peregrina da padroeira Sant'Ana pelas
comunidades é destaque entre atividades do Jubileu de Ouro

A solenidade vai contar com a presença do núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni d´Aniello, e acontece juntamente com o encerramento do Jubileu de Ouro dos 50 anos.

Com a elevação, a prelazia deixa de ser uma administração independente, passando a integrar a Província Eclesiástica do Regional Norte 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que congrega os estados do Amazonas e Roraima.

A partir da instalação da diocese, o atual bispo prelado, dom Marcos Piatec (C.Ss.R), passará a ser bispo diocesano. Na avaliação dele, a elevação a diocese é um sinal de amadurecimento do trabalho realizado. “Passamos de uma terra de missão, dependente apenas dos missionários religiosos, para sermos uma igreja local, mais amadurecida e com o clero diocesano próprio da região”, diz.

Apesar da maturidade e da autonomia, o religioso acredita que o momento exija mais responsabilidade. “Precisamos crescer ainda mais em sabedoria, estatura e graça, diante de Deus e dos homens”, completa.

Raio-x

A nova diocese funciona em uma área de 135.442 quilômetros quadrados, com cerca de 300 mil habitantes. No total, são abrangidos sete municípios, com 497 comunidades eclesiais e 10 grandes paróquias.

O trabalho de evangelização é promovido por 20 padres e três congregações religiosas femininas, com cinco conventos, onde vivem e atuam 12 religiosas.

A presença de missionários redentoristas na diocese é muito grande e lá existem duas casas, com seis religiosos. Além disso, 695 pessoas atuam como catequistas, espalhadas ao longo do território da diocese.

Presença redentorista

Desde que foi criada, no dia 13 de julho de 1963, e instalada, em 11 de março de 1964, a prelazia foi entregue à administração dos missionários redentoristas.

Foto de: Reprodução

presenca_redentorista_foto_reproducao

Nos últimos 50 anos, a prelazia teve quatro bispos prelados, todos eles redentoristas: Mário Robert Emmet Anglim (1964-1973), dom Gutemberg Freire Régis (1974-2007), dom Joércio Gonçalves Pereira (2006-2009), e o atual bispo, dom Marcos Piatek, que assumiu em 2011. 

Em carta remetida a dom Marcos, o superior geral da Congregação Redentorista, padre Michael Brehl, diz que a elevação a diocese é o reconhecimento da estruturação do trabalho realizado.

“A celebração do Ano Jubilar dos 50 anos da Igreja prelatícia de Coari atinge pois um ponto alto, já que essa mudança é o reconhecimento por parte da comunhão eclesial que as paróquias e comunidades desta região constituem uma porção do povo de Deus considerável e estruturada, na qual a vida da Igreja brilha como sinal de salvação no coração do Amazonas”, escreve.

Jubileu de Ouro

O jubileu em comemoração aos 50 anos da prelazia foi aberto no dia 21 de julho do ano passado, em Manacapuru (AM).

A segunda atividade marcante do Ano Jubilar foi a visita da imagem peregrina da padroeira Sant´Ana a todas as paróquias da prelazia, iniciada no dia 22 de julho de 2013 e com término previsto para o dia 16 de março deste ano. É também nessa data que acontece a cerimônia de encerramento do Ano Jubilar, em Coari.

Para dom Marcos, celebrar o Jubileu de Ouro é agradecer a Deus por todos os ordenados, consagrados e leigos dedicados ao trabalho evangelizador e à promoção da dignidade humana. “Religiosos, religiosas, leigos, padres diocesanos vieram antes de nós e deram suas contribuições, suas vidas, para construir esta bonita história chamada prelazia de Coari”, diz.

Foto de: Reprodução

jubileu_de_ouro_foto_reproducao

Segundo o prelado, o momento é também de agradecer a Deus por todos aqueles que, com sacrifício e com uma ampla visão do futuro, foram construindo as estruturas físicas que servem o Povo de Deus na prelazia, nas paróquias, comunidades e nos outros serviços.

Veja a programação de encerramento do Jubileu de Ouro:

Dia 15 de março

19h30

– Show cultural com atrações das paróquias da prelazia de Coari

Dia 16 de março

5h30

– Alvorada e rajada de fogos nas igrejas matrizes e capelas da cidade

6 horas

– Carreata pelas ruas da cidade com a imagem peregrina de Sant´Ana

9 horas

– Visita missionária às casas dos paroquianos

12 horas

– Almoço comunitário nas paróquias Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Sant´Ana e São Sebastião e São Pedro e São João Batista

19 horas

– Missa solene de encerramento do Jubileu de Ouro da prelazia de Coari, da instalação canônica da diocese de Coari e da tomada de posse do primeiro bispo diocesano, dom Marcos Piatek

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário , em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.