Por André Somensari Em Notícias

Dom Orlando Brandes assume como quinto arcebispo

Dom Raymundo e dom Orlando, por André Somensari

Foto: André Somensari/JS

No ano mariano e do jubileu dos 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul, a arquidiocese conta com um novo pastor. Em celebração festiva na manhã do dia 21 de janeiro, tomou posse dom Orlando Brandes, 5º arcebispo da história da arquidiocese de Aparecida (SP), que sucede dom Raymundo Damasceno após 13 anos de pastoreio.

Oriundo da região Sul do país, dom Orlando, natural de Urubici (SC), em 1974, aos 28 anos, foi ordenado padre em Francisco Beltrão (PR). Em 1994, o Papa João Paulo II o nomeou bispo de Joinville (SC), e, 12 anos depois, em 2006, retornou ao Paraná, como Arcebispo de Londrina, nomeado pelo Papa Bento XVI. Em 2007, foi eleito presidente da Comissão Episcopal Vida e Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e membro delegado da Quinta Conferência Geral do Episcopado Latino-americano e Caribenho (Celam), com o então cardeal de Buenos Aires, Jorge Mario Bergoglio, que, como Papa, nomeou arcebispo de Aparecida, em 19 de novembro do ano passado.

Em missa festiva realizada no Santuário Nacional, a posse de dom Orlando contou com a presença de diversos padres, bispos e arcebispos de todo o país, que, com os romeiros e fiéis da arquidiocese, deram as boas-vindas ao novo arcebispo.

:: Receba o Jornal Santuário em casa

:: Novo arcebispo de Aparecida se revela um comunicador do povo

Em sua fala, durante a homilia, dom Orlando emocionou a todos ao dizer: “vocês dizem que esta missa é de posse do bispo, mas, na verdade, são vocês que tomam posse da minha vida, do meu ministério em Aparecida”. Ele também relembrou a célebre frase do Papa Francisco, que diz: “em Aparecida, Deus ofereceu ao Brasil a sua própria Mãe!”.

O novo arcebispo de Aparecida, reservou momento de sua fala para homenagear seu antecessor: “substituir dom Raymundo é um privilégio imerecido para mim. Mas aqui estou! Agradecido a Deus e a todos vocês! Como não agradecer a Deus ter nos dado dom Raymundo Damasceno, por tanta simpatia, capacidade administrativa, sabedoria e amor à Igreja? ”.

:: Dom Orlando tem grande missão na arquidiocese de Aparecida

Após a missa, em entrevista ao Jornal Santuário, dom Orlando falou sobre ser nomeado Arcebispo de Aparecida no ano do jubileu dos 300 anos do encontro da Imagem de Aparecida. “O sentimento é de ação de graças! Maria é cheia de graça, e tive essa graça de chegar aqui, nesse momento histórico tão importante." O bispo também comentou sobre a acolhida que vem recebendo desde sua chegada à arquidiocese. “A recepção está muito boa, calorosa, caridosa e gentil! Até porque aqui acolher bem é evangelizar, isso já está no coração do povo! ”

Por fim, dom Orlando deixou um recado especial a você, leitor do Jornal Santuário: “Vale lembrar que o católico tem dois livros para ler: A Bíblia e o jornal. Com a bíblia ele ilumina a vida e com o jornal ele lê e acompanha a história da vida. E sempre o Jornal Santuário foi jornal evangelizador, civilizador e educador. Então vale a pena o povo brasileiro ler mais, e, bem mais do que ler, tirar proveito dos conhecimentos religiosos, humanos, sociais e políticos do nosso jornal”.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por André Somensari , em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.