Por Allan Ribeiro Em Notícias

Encontro convoca padres a serem profetas da alegria

Sacerdotes de diversas partes do país se reuniram em Aparecida (SP), de 20 a 25 de abril, para o 16º Encontro Nacional de Presbíteros (ENP). Com o tema Presbíteros no Brasil: alegria no anúncio do Evangelho e o lema Eis que faço novas todas as coisas (Ap 21,5) o evento reuniu mais 550 sacerdotes. O encontro foi marcado pela troca de experiências entre os participantes.

Foto de: Allan Ribeiro/JS

Encontro de Presbíteros - JS

Mais de 550 bispos participaram do encontro em Aparecida (SP)

 

Na missa de abertura, o arcebispo Salvador (BA) e vice-presidente da Conferência Nacional do Bispos do Brasil (CNBB), dom Murilo Krieger, afirmou que muitos são os olhares voltados para os sacerdotes. Entre estes, ele frisou que está o dos leigos e leigas que esperam dos presbíteros para viverem à luz do e Evangelho, sendo a sal da terra e a luz do mundo.

Os desafios do ministério, as mudanças no mundo atual e, sobretudo, a alegria do levar o Evangelho foram colocados em pauta no ENP. Os presbíteros foram chamados a fazerem resplandecer a luz de Deus no mundo, testemunhando o amor de Deus com a própria vida.

O documento aprovado no encontro, ressaltou que cada presbítero, refeito e revigorado no caminho, deve com leveza, alegremente tornar-se pastor que toma pela mão cada membro da comunidade e o conduz ao encontro com Cristo, numa experiência comunitária e renovadora, como os discípulos de Emaús.

O evento contou com a presença do secretário para os Seminários da Congregação para o Clero, o bispo mexicano dom Jorge Carlos Patrón Wong. Ele ressaltou que toda a experiência vivenciada no encontro será apresentada ao Santo Padre. “Desejo ter impulsionado os sacerdotes brasileiros para que continuem trabalhando e fazendo crescer a pastoral presbiteral, o cuidado de irmão sacerdotes, caminhando e fazendo crescer a vocação sacerdotal”, exprimiu.

Para o padre Cesar Augusto Loureço Neves, da diocese de Campanha (MG) o ENP é importante para amadurecer as experiências, dificuldades e angustias diante das diversas realidades apresentadas no evento. Para o sacerdote, isso contribui para a estruturação do ministério presbiteral. “ Isso ajuda a gente, cada vez mais, através da espiritualidade e com esses testemunhos fortalecer e continuar caminhando no caminho do Senhor”, disse. 

Lançamento 

O encontro também foi marcado pelo lançamento, pela Editora Santuário, do livro Pérolas nas mãos de Deus, do padre Jésus Benedito dos Santos. A publicação trabalha com as realidades que envolvem o presbítero católico no exercício de seu ministério. O autor apresenta os sacerdotes como uma pérola preciosa nas mãos de Deus, como alguém que vive a plenitude do amor de Deus em sua vida e que, a partir dessa vivência, se torna um portador de sonhos e esperanças.

“Este livro quer ser uma contribuição para organização dos presbíteros através da Pastoral Presbiteral. A pastoral nasce em nosso meio a partir de 2004 mas, entra nos documentos da Igreja a partir de 2008 e 2010. Ela já é uma realidade em muitas dioceses do nosso Brasil”, colocou o autor.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Allan Ribeiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.