Por Allan Ribeiro Em Notícias

Estudiosos refletem Maria no contexto litúrgico

Com o tema Maria na Liturgia e na Piedade Popular, a Academia Marial de Aparecida (SP) prepara, entre os dias 2 a 5 de junho, o 10º Congresso Mariológico. Em parceria com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e também com a Faculdade Dehoniana de Taubaté (SP), a edição deste ano é voltada para todos aqueles que desempenham algum trabalho no campo litúrgico nas comunidades.

Foto de: Reprodução

X Congresso Mariológico

A edição deste ano é voltada para todos aqueles que desempenham trabalhos no campo litúrgico

 

Neste ano, o congresso contempla nove seminários de temáticas que irão permear o tema central. O diretor da Academia Marial, padre Valdivino Guimarães, C.Ss.R., explica que essa nova dinâmica possibilitará uma maior abrangência de assuntos. Além disso, o evento contará com uma noite cultural com apresentação musical, exposição de arte e lançamento de livros marianos.

A expectativa é que mais de 350 pessoas participem dos quatro dias de atividades. A temática desse ano terá como ponto de partida a dificuldade das comunidades nos preparativos para celebrações marianas. Padre Valdivino coloca que mesmo que as equipes de liturgias tenham empenho sincero e boa intenção, acabam tendo dificuldades e dúvidas que precisam ser sanadas.

“Jamais podemos perder de vista a verdade de que no centro da liturgia está Jesus Cristo. Não nos custa compreender que na vida de Jesus Cristo, Maria sempre esteve ligada, caminhou com Ele. É justo que Maria faça parte do calendário litúrgico, que participe da celebração da salvação que seu Filho trouxe à humanidade”, explica o sacerdote fazendo referência ao que propõe o congresso.

Ao longo das dez edições, a Academia Marial avalia que o aumento da participação tem sido significativo ao longo dos anos e tem motivado a continuação os estudos sobre a santa Mãe de Deus. Para o diretor de centro de estudos, a partir da temática de cada congresso, busca-se corresponder à missão da Academia Marial.

Os participantes que se inscreveram até o dia 20 de maio poderão retirar o certificado de curso de extensão universitária, expedido pela Faculdade Dehoniana no último dia do congresso. Já os certificados das inscrições posteriores serão enviados pelos Correios.

Padre Valdivino ressalta que o congresso não é somente para um público seleto, mas todos aqueles que têm o desejo em buscar o conhecimento sobre a Virgem Maria. Entre os nomes que o Congresso Mariológico reunirá estão frei Beckhäuser; padre José Oscar Beozzo, Lina Boff, Ir. Murad, irmã Maria da Penha Carpanedo e padre Joãozinho. 

Academia Marial

Fundada em 16 de julho de 1985, há 30 anos busca refletir sobre a pessoa e o lugar de Maria no projeto de Deus e na vida da Igreja, por meio da teologia e de todas as formas científicas de análise da fé.

Sediada no Santuário Nacional, faz crescer entre seus associados uma espiritualidade mariana que dinamiza a vida cristã, procurando orientar a devoção do povo a Maria, Mãe de Jesus e Modelo de fé, de esperança e de caridade da comunidade cristã.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Allan Ribeiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.