Por Deniele Simões Em Notícias

Franciscanos realizam congresso internacional sobre educação

Mais de 500 pessoas, entre educadores, pesquisadores e gestores que atuam nas instituições de ensino franciscanas, são aguardadas para o Congresso Internacional Franciscano de Educação.

O evento acontecerá em Curitiba (PR), entre os dias 30 de novembro e 3 de dezembro, e tem como foco o cenário da educação básica e superior nas instituições cristãs de ensino.

 

Com o tema Educação Franciscana: Esperança em uma Nova Humanidade, o Congresso vai abrigar dois eventos simultâneos: o V Encontro de Centros de Estudos Franciscanos Superiores Ibero-Americanos e o I Congresso Nacional de Educadores Franciscanos (CFMB).

Foto de: Nome do fotógrafo

Frei Nelson Hillesheim - Divulgação

Frei Nelson Hillesheim, da comissão organizadora, enaltece
a presença franciscana na área educacional

O Congresso é organizado pela Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil e terá reflexões, debates e partilhas sobre o papel dos cristãos que atuam na área educacional, suas responsabilidades, além de estimular melhores práticas para a formação dos alunos, pautadas nas virtudes e valores.

Segundo o frei Nelson José Hillesheim, que é membro do comitê organizador do Congresso, a decisão de trazer o encontro para o Brasil foi tomada na última edição do evento, em Bogotá, na Colômbia.

“Como no Brasil nós temos muitas instituições franciscanas, pediu-se que nós sediássemos esse congresso, até porque a nossa Província é o maior grupo que está na educação”, explica.

O evento acontece em um contexto muito peculiar, marcado por constantes transformações históricas e culturais. O religioso destaca que o governo geral da Ordem Franciscana também tem trabalhado para que a presença na educação seja cada vez mais sólida.

A intenção é poder contribuir cada vez mais para uma sociedade fraterna, por meio de uma formação humanista, baseada nas virtudes, valores e princípios cristãos.

Eixos temáticos

A programação do evento trabalha na perspectiva de três eixos temáticos: transmitir conhecimento, transmitir modos de fazer as coisas e transmitir valores.

O primeiro eixo propõe elevar a compreensão de que a proposta educacional visa ao desenvolvimento integral do ser humano. Segundo o Papa Francisco, “o educador nas escolas católicas deve ser, antes de tudo, muito competente, qualificado e ao mesmo tempo rico em humanidade, capaz de estar entre os jovens com estilo pedagógico para promover o seu crescimento humano e espiritual”.

O segundo eixo, sobre a transmissão de como fazer as coisas, lembra que a proposta educacional de uma instituição cristã e franciscana deve formar docentes que sejam exemplos de vida.

No que diz respeito à transmissão dos valores, a fraternidade, a solidariedade, a humildade, a prudência, a união e tantos outros devem nortear a proposta educacional.

Educação franciscana

Atualmente, a província da Imaculada Conceição no Brasil mantém 40 colégios de ensino básico nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Esse número deverá ser ampliado para 44, no próximo ano letivo. No ensino superior, a província mantém sete unidades universitárias, nos estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

De acordo frei Nelson, o diferencial da educação franciscana é justamente a formação humanista, que leva em consideração a contribuição verdadeira com a sociedade. “Uma formação com virtudes, atitudes transformadoras da sociedade, gerando, dessa forma, um ser humano novo”, conclui o religioso.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Deniele Simões, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.