Por Jornal Santuário Em Notícias

Jovens de Maria faz balanço positivo de 2015

Música, catequese, formação, diversão, comportamento, variedades, questionamentos, dúvidas, notícias e muita, muita alegria. Esse é o espírito do Canal Jovens de Maria, espaço do Portal A12 dedicado à juventude.

No ar há três anos, o JM segue em processo de expansão com excelentes programas, quadros e apresentadores.

Foto de: Divulgação

jovens_de_maria_2

Everton Lucas e Laura Galvão apresentaram o Especial Jovens de Maria para TV Aparecida

 

Sem dúvida 2015 foi um ano de grandes novidades no Jovens de Maria. Segundo a jornalista Laura Galvão, que atua na produção de conteúdo para o portal, hoje o canal reflete um trabalho que já é reconhecido pela juventude como o seu espaço dentro do Santuário Nacional. “Um lugar para se encontrar com a Casa da Mãe mesmo que à distância. Além disso, temos visto o crescimento do projeto concretamente, com o aumento do número de acessos ao site e as nossas redes sociais”, detalha Laura.

Na avaliação da jornalista, 2015 foi um ano de mudanças para o Jovens de Maria. A começar pela equipe responsável. Algumas pessoas se despediram, mas novas pessoas chegaram. O projeto ganhou novos programas como o Tendências, que fala sobre os temas atuais que envolvem a vida diária do jovem, e o Sou um Jovem de Maria, que traz o testemunho de jovens de diferentes estilos e atividades, que levam uma rotina normal, com estudos, trabalho, lazer, mas que também sustentam uma missão dentro da Igreja. O canal pode trabalhar também de forma muito presente em alguns eventos do Santuário Nacional, como o Hallel Aparecida e a Festa da Padroeira, com a inédita Vigília da Juventude. Para ela isso ajuda a fortalecer o projeto. “Vejo que o maior desafio é o mesmo para qualquer pessoa que tem tentado trabalhar com a juventude: chamar atenção do jovem. Dentre tantas coisas que o jovem tem a sua disposição, a Igreja tem o desafio de conseguir um espaço da atenção do jovem para mostrar o que tem para contar, que é comunicar o amor de Deus e o que a vida com Ele oferece”, explica. 

O que o jovem católico procura

Na opinião de Laura o jovem procura um lugar em que ele possa se ver, conectar-se, não no sentido digital – porque isso tem bastante –, mas um lugar onde sua personalidade, seus sonhos, suas necessidades possam se identificar. Um lugar em que ele possa ser quem ele é, com sua excentricidade, com sua individualidade, mas também com suas crenças. “Acima de tudo, o jovem católico busca incessantemente uma maneira de se encontrar com Deus sem deixar de ser quem ele é”, exemplifica Laura.

Na prática é isso que o Canal Jovens de Maria tenta fazer, e para tal tenta diversificar seus conteúdos para se aproximar ainda mais do público. “Esse ano tivemos a alegria e a graça de receber um presente do Portal A12 e da TV Aparecida, que foi o Especial Jovens de Maria. O A12 completava cinco anos e o Jovens de Maria, três anos. Então, a maneira pensada para se comemorar ambos os aniversários foi o programa na TV”, lembra.

Foto de:Divulgação

jovens_de_maria_1

Laura Galvão (ao centro) durante gravação do programa Tendências

Laura comenta que além de toda a festa que pôde ser feita, com os grandes convidados da música católica, foi possível fazer um tributo muito bonito de agradecimento a Nossa Senhora Aparecida e à consagração da juventude. “Nós pudemos nos encontrar pessoalmente com nossos leitores. Pudemos ver a carinha dos jovens que são de Maria e que nos acompanham. Isso foi muito gratificante. Além de tudo, é claro, poder divulgar ainda mais o projeto por meio da TV Aparecida que tem ganhado cada vez mais espaço na programação das famílias brasileiras”, comenta.

A jornalista que ainda é muito jovem, assim como o público o qual conversa, carrega uma experiência de evangelização com a juventude de cerca de 10 anos, participando da sua comunidade e movimentos Igreja. “Quando vim trabalhar com o Jovens de Maria, minha maior alegria foi poder ampliar esse trabalho de evangelização, com um veículo de comunicação tão importante para o cenário digital religioso do país que é o A12 e ainda poder fazer isso de forma profissional. Então, para mim, hoje estar no Jovens de Maria é poder dar continuidade a minha missão de evangelizar a juventude, só que com muito mais qualidade e muito mais alcance”, entusiasma-se.

Para ela é muito gratificante quando recebe um e-mail, ou um comentário nas redes sociais de pessoas dizendo que um programa do canal ajudou de alguma forma na caminhada de fé, ou que um artigo ajudou um determinado catequista a dar uma aula, ou ajudou algum jovem na própria missão. “É gratificante porque é isso que dá sentido para o trabalho, é o que dá sentido para a existência desse projeto do Santuário Nacional. Poder evangelizar, perpetuar a devoção a Nossa Senhora Aparecida e mostrar que é possível viver esses valores nos dias de hoje, na idade em que estamos”, opina.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jornal Santuário, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.