Por Deniele Simões Em Notícias

Movimento Schoenstatt renova Aliança de Amor

Mais de 10 mil membros do movimento Schoenstatt estiveram reunidos em Vallendar, na Alemanha, para a celebração de 100 anos de fundação da Obra Internacional de Schoenstatt, de 16 e 19 de outubro.

Foto de: Reprodução

Juventude Centenário - Foto Reprodução

Jovens celebram centenário com caminhada entre os
santuários de Pompeia, na Itália, e Schoenstatt, na
Alemanha

A cidade onde o movimento foi fundado acolheu milhares de peregrinos, entre eles, mais de 400 brasileiros, entre bispos, sacerdotes e leigos.

De acordo com a assessora de comunicação do Centenário, irmã Nilza P. da Silva, trata-se da renovação da Aliança de Amor firmada em outubro de 1914 pelo padre José Kentenich e que culminou com a criação do Santuário de Schoenstatt.

A vigília da virada do século, realizada no dia 17 de outubro, acolheu uma tocha abençoada pelo Papa Francisco. A tocha foi carregada por 90 jovens que correram cerca de 1.800 quilômetros entre Pompeia, na Itália, e o Santuário de Schoenstatt.

A corrida dos jovens simbolizou a criação do Santuário, a partir da inspiração que o fundador do movimento teve em relação ao Santuário de Pompeia. “Por isso esses jovens realizaram essa fackellauf como sinal de que a chama divina de Pompeia continua a se espalhar pelo mundo por meio de Schoenstatt e cada um dos presentes devem levar a luz de Cristo para incendiar o mundo no amor”, ressalta.

Uma missa solene no dia 18 marcou a fundação do movimento. Às 17 horas, aconteceu a renovação do ato fundacional da Aliança de Amor com a Mãe e Rainha de Schoenstatt, unindo membros do movimento que estavam no local aos schoenstattianos espalhados ao redor do mundo e que promoveram celebrações para comemorar a data.

Durante o ato, o enviado especial do Papa Francisco, cardeal Lajolo, leu uma mensagem especial do Pontífice. “Essa Aliança dos homens com Maria foi estendida através dos tempos. Todos os que selam essa Aliança declaram-se dispostos a empenhar-se com todas as suas forças pela causa de Deus e, à luz da Fé, configurar juntos o futuro”, diz um trecho do texto.

No dia 25 de outubro, os membros do movimento vindos de diversas nações tiveram uma audiência privada com o Papa Francisco.

Comemorações no Brasil

O centenário foi celebrado em todos os países onde o movimento está presente. No Brasil, centenas de dioceses e milhares de paróquias uniram-se para comemorar os 100 anos da Aliança de Amor.

Foto de: Movimento Schoenstatt Taubaté

Celebração Taubaté - Foto Movimento Schoenstatt Taubaté

Celebração eucarística na cidade de Taubaté

Na diocese de Taubaté (SP), cerca de 2.000 pessoas reuniram-se na matriz da Paróquia São João Bosco, na tarde do dia 18, para celebrar a data. 

A celebração eucarística foi precedida de um terço. “Um dos pontos mais significativos da celebração do Centenário foi a renovação da Aliança de Amor”, explica Cláudia Maria Ferraro, coordenadora do movimento na cidade.

De acordo com ela, cada membro pode renovar o amor e o ardor pela missão schoenstattiana para os próximos 100 anos. Após a missa, as famílias que participam do movimento foram agraciadas com uma estrela para cada imagem da Mãe Peregrina.

As estrelinhas foram confeccionadas pelos missionários do movimento. A imagem auxiliar diocesana e as imagens paroquiais também foram contempladas com estrelas representando o centenário.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Deniele Simões, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.